Início / Agricultura / Cotações – Suínos – Informação Semanal – 25 Abril a 1 Maio 2022

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 25 Abril a 1 Maio 2022

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Na semana em análise apenas se registou um pequeno acréscimo da cotação média nacional do porco classe E (+1 cêntimo / kg); estabilidade do porco classe S e dos leitões de <12 kg e de 19-25 kg.

No caso dos porcos classe E e S, isto ocorre após 1 semana de estabilidade e 12 semanas consecutivas de subida (em que o acréscimo acumulado atingiu 86 cêntimos / kg). As subidas de preços dos porcos para abate abrandaram, tendo-se verificado em Março um reajustamento entre a oferta e a procura mas com um impulso extra provocado pela guerra na Ucrânia e consequente aumento dos custos de produção.

Entre Douro e Minho

No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de suínos para abate foram médias. Acréscimo de cotações dos porcos classe E (+2 cêntimos / kg) e classe S (+1 cêntimo / kg).

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta e a procura de suínos para abate foram relativamente fracas. A oferta de leitão para assar foi fraca e a procura foi relativamente fraca. A procura, quer de porco, quer de leitão, diminuiu um pouco nas duas últimas semanas. Subida da cotação máx. do porco classe E (+2 cêntimos / kg) e completa estabilidade do porco classe S e dos leitões de <12 kg.

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta e a procura de suínos para abate foram relativamente fracas, tendo a procura diminuído um pouco. Acréscimo das cotações máx. dos porcos classe E (+2 cêntimos / kg) e classe S (+1 cêntimo / kg).

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste a oferta e a procura de suínos para abate foram relativamente fracas. A oferta de leitão para assar foi fraca e a procura foi relativamente fraca. Descida da procura de porco para abate e de leitão nas duas últimas semanas. Completa estabilidade de cotações dos porcos classe E e classe S e dos leitões de <12 kg.

Alentejo

No Alentejo a oferta de suínos para abate foi média e a procura foi relativamente animada. Aumento de cotações dos porcos classe E e classe S (+4 cêntimos / kg). No caso dos leitões, deu-se uma redução da cot. máx. dos animais de <12 kg (-25 cêntimos / kg).

No Algarve as cotações dos leitões de <12 kg e das porcas de refugo mantiveram-se estáveis.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

2.º Fórum da Agropecuária Biológica AçoresBio arranca a 20 de Maio no Faial

Partilhar              O 2.º Fórum da Agropecuária Biológica AçoresBio – este ano AçoresBio22 – arrancará na Ilha …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.