Início / Agricultura / Cotações – Hortícolas – Informação Semanal – 20 a 26 Julho 2020

Cotações – Hortícolas – Informação Semanal – 20 a 26 Julho 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de produção

Abóbora – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a cotação mais frequente valorizou (17%) devido ao decréscimo da oferta. Procura média. Alguma dificuldade de escoamento.

Agrião – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a cotação mínima e a mais frequente valorizaram devido ao aumento da oferta. Procura média. Ligeira dificuldade de escoamento.

Alface – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a oferta de frisada e lisa diminuiu e a procura aumentou. esta situação provocou uma valorização acentuada das cotações da alface frisada (100%) e da lisa (60%).

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta de alface de estufa esteve equilibrada com a de ar livre. Oferta abundante e procura média. Subida das cotações da alface frisada de ar livre (43%). No Algarve, a oferta de alface frisada de estufa foi média e a procura também. Cotações estáveis.

Alho-francês – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta foi suficiente para a procura média.

No Algarve as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta e a procura continuaram equilibradas e ligeiramente baixas. Escoamento regular. Boa qualidade comercial.

Batata

Batata-doce – No Alentejo, na área de mercado Odemira, a oferta foi média e a procura alta. Cotações estáveis.

Batata de Conservação – Na Região Norte, na área de mercado, Entre Douro e Minho, a oferta foi média e suficiente para a procura. Descida ligeira da cotação mínima.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta continuou forte e a procura fraca. Boa qualidade e bons calibres. Os preços estão baixos. Produto com dificuldades de escoamento. Muita batata armazenada. Fraca exportação porque alguns países da Europa ainda tem produto da campanha anterior. Batata da variedade «agria» para fritar paga a 0.15€ por ser mais valorizada. Cotações estáveis.

Batata Nova – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta manteve-se alta e a procura baixa. Cotações estáveis.

No Algarve, a oferta foi suficiente para a procura média/baixa. O produto apresentou-se com razoável qualidade (variedade cara e slaney). Escoamento regular. Cotações estáveis.

Beringela – No Algarve, a oferta foi suficiente para a procura baixa. Produto com razoável qualidade. Escoamento fraco. Cotações estáveis.

Beterraba – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade do produto. Alguma dificuldade de escoamento.

Cebola

Cebola de conservação – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a oferta foi suficiente para a procura média. Cotações sem alterações. Sem dificuldades de escoamento.

Cebola Temporã – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, oferta manteve-se alta e a procura baixo. Cotações estáveis.

Cenoura – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade do produto. Alguma dificuldade no escoamento.

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média/alta e a procura média. Cotações estáveis.

Na área de mercado Ribatejo, as cotações valorizaram. A oferta foi média e a procura superior.

Couves – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações valorizaram devido ao decréscimo da oferta. A oferta foi suficiente para a procura média. Cotações estáveis.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi forte para a couve “Lombardo e Repolho Tipo Coração” e média para a couve “Portuguesa”. A procura esteve fraca, mas normal para a época. Subida da cotação mínima e da máxima da couve “Lombardo” e da cotação mínima da couve “Repolho”.

Couve “Brócolos” – No Algarve, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média/baixa. Produto de boa qualidade. Escoamento regular.

Curgete – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho , a cotação mínima e a mais frequente (33%) valorizaram devido à menor oferta. A oferta foi suficiente e a procura média . Alguma dificuldade de escoamento. Boa qualidade comercial e concorrência de produto importado de Espanha.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta continuou forte (a diminuir por causa do calor) e a procura fraca. Subida da cotação máxima.

No Algarve, as cotações desceram (8%). A oferta equilibrou a procura baixa. Escoamento fraco.

Espinafre – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a cotação máxima valorizou. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade do produto e o escoamento efectuou-se com algumas dificuldades.

Feijão-Verde – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Alguma dificuldade de escoamento. Boa qualidade comercial. Concorrência de produto marroquino.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta de feijão-verde “achatado direito de estufa” e Riscadinho” foi fraca e a procura esteve regular a fraca. Cotações sem alterações.

No Algarve, a oferta de feijão-verde “achatado direito estufa” foi média e a procura ligeiramente inferior. Cotações sem alterações. Escoamento regular. Produto com boa qualidade.

Grelo de Nabo – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho , as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade comercial e o escoamento efectuou-se com algumas dificuldades.

Nabiça – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a cotação máxima subiu. A oferta foi suficiente para a procura média. Escoamento com algumas dificuldades. Boa qualidade do produto.

Nabo – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações valorizaram devido à menor oferta. A oferta foi suficiente para a procura média. O nabo roxo é o mais procurado e valorizado. Boa qualidade do produto.

Pepino – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a cotação máxima e a mais frequente (25%) valorizaram, devido a uma menor oferta e maior procura. O escoamento efectuou-se sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta continuou forte e a procura melhorou. Subida da cotação mínima.

No Algarve, a oferta de pepino de estufa foi suficiente para a procura média. Escoamento regular. As cotações não se alteraram.

Pimento – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações valorizaram (11%) devido à menor oferta. A oferta foi suficiente para a boa procura. O escoamento efectuou-se sem dificuldades. Concorrência de produto espanhol.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta em anos anteriores tem sido sempre forte, mas este ano a oferta foi baixa, porque a área de plantação diminuiu devido ao Covid-19. Procura fraca. Descida da cotação mínima.

No Algarve, a oferta de pimento verde foi suficiente para a procura média/baixa. Boa qualidade do produto. Escoamento regular. Descida da cotação máxima e da mais frequente (8%). Oferta baixa de pimento vermelho com preço de 1,40€/kg.

Aromáticas

Plantas Aromáticas/Condimentares – No Algarve, a oferta de salsa frisada, manjericão, espinafre, cebolinho, tomilho e rúcula foi suficiente para a procura média. Foram comercializadas em molhos de 0,3 Kg a 1,00 €/molho. A oferta de coentros, hortelã e de salsa, equilibrou a procura média. Bom escoamento. Foram comercializadas em molhos de 0,5 Kg e cotações de 1,00€/molho e com 1 kg a 2.00 €/Molho.

Quiabo – No Algarve, a oferta foi suficiente para a procura ligeiramente baixa. Escoamento regular. Produto de qualidade média. Cotações estáveis.

Tomate – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações desvalorizaram devido a uma menor oferta e maior procura. Oferta média e boa procura. Boa qualidade. Concorrência de produto espanhol.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi média e a procura ligeiramente inferior. As cotações não se alteraram.

No Algarve, a oferta de tomate “cacho, sulcado e alongado” foi superior à procura média/baixa. Escoamento regular. As cotações não se alteraram. Boa qualidade do produto.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Limitação da circulação entre concelhos. Posso ir trabalhar? Os turistas podem circular? Saiba tudo aqui

Partilhar            O Governo determinou a limitação de circulação entre diferentes concelhos do território continental no período …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.