Início / Agricultura / Cotações – Frutos Secos – Informação Semanal – 9 a 15 Janeiro 2017

Cotações – Frutos Secos – Informação Semanal – 9 a 15 Janeiro 2017

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de Produção

Alfarroba – Na região do Algarve, a oferta de alfarroba “inteira” foi ligeiramente baixa e a procura manteve-se média. Cotações estáveis. A oferta de alfarroba “triturado grosso” foi média e equilibrou a procura. Bom escoamento. Subida da cotação mínima e mais frequente e descida da máxima.

Amêndoa – No Algarve, a oferta manteve-se baixa e equilibrou a procura. Escoamento regular. Descida da cotação máxima e mais frequente da amêndoa “dura outras”e da cotação mínima da amêndoa “sem casca”. Escoamento fraco.

Noz – Na Região Norte, na área de mercado de Bragança, o volume de transacções deste produto foi inferior e pouco significativo porque a produção já foi toda comercializada. Cotações estáveis. Fim de campanha.

Pinha – No Alentejo, na área de mercado do Alentejo Litoral, a oferta foi ligeiramente baixa e a procura média. Subida das cotações.

Pinhão – No Alentejo, na área de mercado do Alentejo Litoral, a oferta equilibrou a procura média/baixa. Fraca comercialização. Subida das cotações.

Mercados Abastecedores

Nos mercados abastecedores, observou-se uma menor disponibilidade de frutos secos e secados, tanto de origem nacional como do exterior. A procura estagnou, comparativamente a períodos anteriores. Melhor escoamento para a amêndoa, figos e nozes.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Volume de capturas de pescado em Portugal aumenta 48,4% em Agosto de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Agosto de 2021, aumentou 48,4% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.