Início / Agricultura / Cotações – Frutos Frescos – Informação Semanal – 1 a 7 Março 2021

Cotações – Frutos Frescos – Informação Semanal – 1 a 7 Março 2021

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de produção

Abacate – No Algarve, a oferta de abacate “Reed” baixa e a do “Tipo Hass” foi média. Procura média/baixa. Produto com boa qualidade e boa apresentação. Escoamento regular. Cotações sem alterações.

Amora – No Alentejo, na área de mercado Odemira, a oferta tem aumentado e a procura externa continuou alta. As cotações não se alteraram. A produção de amora começou a aumentar, com a região do Algarve a responder com uma percentagem significativa. Alguma produção do centro da Europa (glasshouses) e o restante com origem em importações de Africa do Sul, Estados Unidos e México.

Framboesa – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, esta semana não se registaram transações nos agentes económicos acompanhados.

No Alentejo, na área de mercado Odemira, a oferta foi baixa e a procura alta. As cotações não se alteraram. O mercado europeu está a ser abastecido com produção marroquina. O clima tem estado incerto e tem interferido nas curvas de produção e qualidade, o que acaba por ter reflexos na expectativa de preços. A produção nacional é baixa neste momento.

No Algarve, a oferta e a procura de framboesa, categoria I, para exportação, foram ligeiramente baixas. Escoamento regular. Subida da cotação máxima e da mais frequente. O produto para consumo nacional foi médio e a procura também. Cotações estáveis.

Kiwi – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, a oferta continuou forte e a procura alta. Escoamento sem dificuldades. Saída de Kiwi para Espanha e concorrência de produto importado, oriundo da Grécia e Itália .

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta e a procura foram médias. Cotações estáveis.

Laranja – Na Região do Alentejo, na área de mercado Vidigueira, a oferta foi suficiente para a procura média. Cotações sem alterações. Boa qualidade do produto.

No Algarve, a oferta foi suficiente para a procura média/média. Boa qualidade do produto. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Limão – Na Região Centro, na área de mercado, Montes da Senhora, a oferta de limão foi média (grande parte da produção ficou estragada, devido ao frio verificado em Janeiro) e a procura média/baixa. A situação do estado de emergência do país com as respectivas restrições (encerramento dos restaurantes, bares, hotéis e dos mercados), têm contribuído para a procura baixa. Cotações estáveis. Exportação de produto para França.

No Algarve, a oferta foi média/baixa e foi suficiente para a procura. Escoamento regular. Cotações estáveis. Boa qualidade do produto.

Maçã – Na Região Norte, na área de mercado Douro Sul, a semana foi caracterizada com uma redução de vendas em relação à semana anterior. A procura de maçã da região está muito activa nas transacções para o mercado nacional e estrangeiro. A oferta foi média e a procura alta em algumas variedades como a “Golden e a Royal Gala”. Oferta escassa de maçã Reineta. Procura fraca de maçã “Red Delicious”. Cotações estáveis.. O mercado tradicional apresenta ligeiro aumento de vendas.

Na área de mercado Leiria, a procura esteve ligeiramente alta e a oferta também. Boa qualidade comercial. Cotações estáveis. Bom escoamento.

Na Região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado Oeste, a oferta continuou a satisfazer a procura alta. Oscilações nas cotações.

Morango – Na Região Centro, na área de mercado Litoral Centro, a oferta de morango foi média/baixa mas a aumentar devido ao bom tempo. A procura esteve regular, apesar da concorrência de produto espanhol. O produto nacional com qualidade é facilmente escoado. Cotações sem alterações.

No Alentejo, na área de mercado Odemira, as cotações do morango não se alteraram. A oferta foi baixa e a procura manteve-se média/alta. Boa qualidade do produto.

Na Região Ribatejo Oeste, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta do morango nacional tem aumentado e a procura esteve fraca . Esta situação provocou uma descida de todas as cotações. A qualidade melhorou, devido ao bom tempo.

No Algarve, a oferta foi média/baixa e a procura média. Produto de qualidade média. Escoamento regular. Descida da cotação mínima e da máxima.

Pêra – Na área de mercado Leiria, a oferta foi baixa e a procura média. Boa qualidade do produto. Cotações estáveis. Na Região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado Oeste, a procura continuou alta. Oscilações nas cotações da pêra “Rocha”.

Tangerina – No Algarve, a oferta e a procura de tangerina “Setubalense” foram fracas. Escoamento “aos poucos”. Cotações estáveis. A oferta de tangerina “Fremont e Encore” foi média e suficiente para a procura. Produto de qualidade média. Escoamento regular. Cotações estáveis. A oferta de tangerina “, “Murcote” e “Tango”, foi baixa assim como a procura. Boa qualidade do produto. Escoamento pontual.

Mercados abastecedores

No Mercado Abastecedor da Região de Lisboa, MARL, manteve-se a oferta significativa de citrinos (laranja, limão, tangera, tangerina e toranja) e maçãs. A procura continuou condicionada pela situação de confinamento (hotéis, restaurantes e cantinas encerrados) e incidiu na banana, clementina, kiwi, laranja, limão, maçã, pêra, tangerina e tangera. Quanto ao mercado dos produtos importados, verificou-se a presença de abacate, ananás, anona, banana, clementina, diospiro, lima, maçã, manga, melão, morango, papaia e uva.

Quanto aos produtos importados, verificou-se a presença de abacate, ananás, anona, banana, clementina, lima, maçã, manga, melão, morango, papaia e uva.

Abacate – Oferta suficiente de abacate nacional das variedades “tipo Hass” e “Reed”. Procura média. Manutenção das cotações. Presença de abacate de Espanha.

Ananás – Oferta suficiente de ananás da Costa Rica, de diversas imagens de marca e categorias. Boa procura. Manutenção das cotações.

Banana – Oferta significativa de banana “dólar”, da Costa Rica, de diversas marcas, acondicionada em caixas com 18 kg. Menor oferta de banana da Madeira. Boa procura. Manutenção das cotações.

Clementina – Oferta suficiente de clementina nacional (Algarve). Frutos de vários calibres (1, 2 e 3). Presença de clementina de Espanha. Boa procura. Manutenção das cotações.

Kiwi – Oferta suficiente de kiwi da variedade “Hayward” de origem nacional. Procura média. Manutenção das cotações.

Laranja – Oferta suficiente de laranja das variedades “Lane Late” e “Newhall” do Algarve. Boa procura. Subida das cotações da variedade “Newhal”.

Lima – Menor oferta de lima do Brasil. Frutos embalados em caixa de cartão de 4 kg, com diferentes imagens de marca. Procura normal. Subida das cotações.

Limão – Oferta suficiente e limão nacional. Boa procura. Manutenção das cotações. Presença de limão proveniente de Espanha.

Maçã – Oferta suficiente de maçã de origem nacional das variedades: “Bravo Esmolfe n/certificada”, Golden Delicious”, “Granny Smith”, “Red Delicious”, “Royal Gala” e “Reineta Parda”. Procura normal, a não escoar todo o produto em comercialização. Manutenção das cotações.

Manga – Oferta suficiente de manga do Brasil (avião/barco). Frutos com boa apresentação, de diversas variedades, acondicionados em tabuleiro. Boa procura. Manutenção das cotações.

Morango – Aumento gradual da oferta de morango nacional. Presença de morango, espanhol, acondicionado em caixas e cuvetes. Boa procura. Descida cotações do produto proveniente de Espanha.

Papaia – Oferta suficiente de papaia do Brasil. Frutos com boa apresentação, acondicionados em tabuleiro. Boa procura. Manutenção das cotações.

Pêra – Oferta suficiente de pera das variedades “General Leclerc” e “Rocha”. Frutos de vários calibres, acondicionados em caixa (10/12 kg) e tabuleiro (4/5 kg). Boa procura. Manutenção das cotações. Presença de pêra da variedade “Passe Crassane” de Espanha.

Tangera – Menor oferta de tangera nacional (Algarve). Frutos de calibres (1, 2 e 3) com boa apresentação, acondicionados em caixas de 10/12 kg. Boa procura. Manutenção das cotações.

Tangerina – Aumento da oferta de tangerina das variedades Encore”, “Fremont” e “Ortanique”. Frutos de vários calibres, acondicionados em caixas de 10/12 kg. Boa procura, principalmente para a variedade “Encore”. Manutenção das cotações para todo o produto em comercialização.

Uva – Oferta de uva das variedades “branca” e “rosada”, do Peru. Boa procura. Descida das cotações da variedade” branca.

Mercado Abastecedor do Porto

O Mercado Abastecedor do Porto, MAP, manteve-se bem abastecido dos produtos cotados, como o abacate, banana, clementina, Kiwi, maçã, morango, pêra e tangerina. A procura continuou pouco animada, devido ao encerramento do canal HORECA. Maior interesse pelo abacate, banana, clementina, kiwi, laranja, maçã, morango, pêra e tangerina. Subida das cotações para o morango.

Quanto aos produtos importados, manteve-se a presença significativa de ananás da Costa Rica, banana (de várias procedências) clementina, diospiro de Espanha, lima, manga, melão, papaia do Brasil e uva do Perú. Descida das cotações para a uva branca do Perú, subida das cotações para o morango de Espanha e estabilidade para as restantes. Início de campanha de comercialização da laranja “Lanelate”.

– Oferta suficiente, de boa qualidade, procura menor, alguma dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Ananás – Oferta suficiente importado da Costa Rica, de boa qualidade, procura menor, alguma dificuldade de escoamento e manutenção cotações.

Anona– Oferta menor importada de Espanha, de boa qualidade, procura menor, alguma dificuldade de escoamento e manutenção cotações.

Banana – Oferta menor para a nacional e suficiente para a importada de Angola, da Colômbia e da Costa Rica, de boa qualidade, menor procura, alguma dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Clementina – Oferta suficiente para a nacional e para a importada de Espanha, de boa qualidade, procura média, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Kiwi – Oferta suficiente, de boa qualidade, procura média, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Laranja – Oferta suficiente da variedade Newhall e Lane Late, de boa e razoável qualidade, boa procura, sem grande dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Lima – Oferta suficiente importada do Brasil, de boa e razoável qualidade, menor procura, alguma dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Limão – Oferta suficiente tanto para o nacional como para o importado de Espanha, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Maçã – Oferta abundante, das variedades, Golden Delicious, Granny Smith, Red Delicious e Royal Gala, menor para a Bravo Esmolfe, de boa qualidade, com a procura a não escoar todo o produto e manutenção das cotações.

Manga – Oferta suficiente importada do Brasil, de boa e razoável qualidade, menor procura, alguma dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Melão – Oferta suficiente importado do Brasil, de boa e razoável qualidade, menor procura, alguma dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Morango – Oferta suficiente tanto para o nacional como para o importado de Espanha, de boa e razoável qualidade, boa procura, sem grande dificuldade de escoamento e subida das cotações.

Papaia – Oferta suficiente importada do Brasil, de boa e razoável qualidade, menor procura, alguma dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Pêra – Oferta menor para a variedade “General Leclerc” e suficiente para a “Rocha”. Boa e razoável qualidade, sem grande dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Tangerina – Oferta suficiente da variedade “Encore, Fremont e Ortanique”, de boa e razoável qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Uva – Oferta suficiente importada do Perú, de boa qualidade, procura média, sem dificuldade de escoamento, uma descida das cotações para a uva branca, mantendo-se estabilizadas para a uva rosada.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministra da Agricultura inaugura reabilitação do Aproveitamento Hidroagrícola da Camba

Partilhar              A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o secretário de Estado da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.