Início / Agricultura / Cotações – Fruticultura – Informação Semanal – 27 Maio a 2 Junho 2024

Cotações – Fruticultura – Informação Semanal – 27 Maio a 2 Junho 2024

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Frutos Frescos

Mercados de produção

Em Trás-os-Montes, área de mercado Alfândega da Fé, teve início a campanha de produção e comercialização da cereja variedades “Saco do Douro” e “Summit”. Verificou-se uma descida na cotação da cereja “Napoleão Pé Comprido” em 18%, produto com calibres médios e baixo teor de açúcar.

Em Entre Douro e Minho, área de mercado Resende, uma maior procura valorizou as cotações da cereja categoria I calibre 22-24 em 75% e calibre 24-26 em 67%. Teve início a produção e comercialização da cereja de calibre >28.

Na Beira Litoral, área de mercado Viseu, terminou a campanha de comercialização de maçã “Bravo de Esmolfe” e “Reineta Parda”. As cotações tiveram uma subida para a maçã “Fuji” categoria I calibre 75-80 em 14% e “Golden Delicious” categoria I calibre 75-80 em 13%, devido à boa qualidade do produto. Uma maior oferta desvalorizou as cotações da maçã “Red Delicious” categoria I calibres >80 e 65-70 em 25%, categoria II calibre 75-80 em 21%, categoria I calibre 70-75 em 11%, “Golden Delicious” categoria I calibre 65-70 em 15% e “Royal Gala” categoria I calibre 65-70 em 10%.

Na área de mercado Leiria, terminou a campanha de comercialização da maçã “Jonagored”.

Na Beira Interior, área de mercado Cova da Beira, a cereja entrou na fase de maior produção aumentando a oferta. Assim, verificou-se uma descida das cotações para a cereja calibre 24-26 em 25% e >28 em 17%.

Na região Ribatejo e Oeste, área de mercado Península de Setúbal, uma diminuição da oferta valorizou a cotação do morango pequeno em 50%.

No Alentejo, área de mercado Odemira, verificou-se uma descida na cotação da framboesa em 13%, aumento de produção logo maior oferta. Na área de mercado Portalegre, verificou-se uma descida na cotação da cereja “Big Burlat” em 16%, devido a uma maior oferta.

Mercados abastecedores

Mercado Abastecedor de Lisboa (MARL) – manteve-se bem abastecido na generalidade dos produtos cotados de modo a garantir o seu normal abastecimento. Verificou-se um maior interesse por cereja, kiwi, laranja, maçã, pêra e morango. O damasco deixou de estar presente devido à concorrência do produto importado de Espanha, com preços menores. As cotações tiveram uma ligeira descida para a cereja categoria II tamanho médio/pequeno comercializada em caixa em 10%, devido a um aumento da oferta.

Quanto aos produtos importados teve início a campanha de comercialização da ameixa amarela/vermelha de Espanha. Subida da cotação para a meloa “Gália” de Espanha e descida para o melão “Tipo Pele de Sapo” e nectarina “Polpa Amarela” de Espanha.

Mercado Abastecedor do Porto (MAP) – manteve-se bem abastecido na generalidade dos produtos cotados de modo a garantir o seu normal funcionamento. Com uma procura que se manteve pouco animada, registou-se maior interesse pela banana, cereja, clementina, kiwi, laranja, maçã, morango, pêra e tangerina. As cotações não tiveram alteração.

Quanto aos produtos importados, teve início a campanha de comercialização da ameixa amarela de Espanha. Descida das cotações para a nectarina “Polpa Amarela”, pêssego “Polpa Amarela”, melão “Tipo Pele de Sapo” e meloa “Gália” de Espanha.

Mercado Abastecedor de Coimbra (MAC) – manteve-se bem abastecido na generalidade dos produtos cotados de modo a garantir o seu normal abastecimento. Mercado animado com a entrada das novas frutas. Verificou-se uma subida na cotação da cereja categoria II tamanho médio/pequeno comercializada em caixa em 13%, pouca oferta de produto nacional e de boa qualidade. Quanto aos produtos importados, teve início a campanha de comercialização da ameixa amarela de Espanha. Descida das cotações para o melão “Tipo Pele de Sapo” de Espanha e Marrocos, nectarina “Polpa Amarela”, pêssego “Polpa Amarela” e melancia “Crimsonsweet” de Espanha.

Frutos Secos e Secados

Mercados de produção

No Alentejo, na área de mercado Alentejo Litoral, a oferta de pinhão nacional foi fraca, cotações sem alteração.

No Algarve, a alfarroba continua a apresentar boa qualidade. As cotações não tiveram alteração. A amêndoa tem concorrência de produto do Norte e do Alentejo, cotações estáveis.

Pode ler a análise completa do SIMA aqui.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Carmona Rodrigues lidera Grupo de Trabalho para estratégia de gestão, armazenamento e distribuição eficiente da água

Partilhar              O Governo decidiu criar um Grupo de Trabalho para delinear a estratégia multissectorial, “Água que Une”, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.