Início / Agricultura / Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 23 a 29 Março 2020

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 23 a 29 Março 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Na região de Entre Douro e Minho a oferta e a procura foram equilibradas. O escoamento foi lento devido ao baixo consumo. Forte concorrência de produto importado sobretudo de Espanha a preços inferiores e saída de vacas de abate e refugo para o mesmo país. Manutenção de cotações nesta região.

Trás-os-Montes

Na região de Trás-os-Montes em ambas as áreas de mercado, Terra Fria e Alto Tâmega, a oferta foi média/alta e a procura média/baixa. As cotações mantiveram-se constantes. Alguma dificuldade no escoamento de bovinos devido ao baixo consumo.

Na Beira Litoral a procura foi média/alta nas três áreas de mercado: Aveiro, Coimbra e Viseu. Na área de mercado Regional a oferta de animais de abate foi inferior à procura, assim, os operadores deslocaram-se a outras regiões para se abastecerem. A cotação da vaca de abate cruzada de Charolês diminuiu 0,10 €/kg P. Carcaça na área de mercado Regional devido a um ajuste de preço. Todos os outros produtos mantiveram a cotação em todas as áreas de mercado.

Beira Interior

Na Beira Interior nas áreas de mercado de Castelo Branco e da Guarda a oferta foi média/alta e a procura foi quase nula. Na área de mercado da Guarda a quantidade de produto vindo de Espanha tem influenciado o preço.

Na Região da Beira Interior verificou-se que a procura de produto dos produtores que normalmente vendiam para a restauração foi praticamente nula uma vez que a maior parte dos estabelecimentos de restauração encerrou devido à pandemia do coronavírus. Os produtores que tinham contratos com as grandes superfícies continuaram a entregar semanalmente o produto contratado. As cotações mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta foi média e a procura foi muito baixa. Na semana passada anteciparam-se abates de animais para fazer face à procura de carne de bovino, enquanto que, nesta semana, não houve procura de produto dos animais abatidos. Houve estabilidade das cotações.

Alentejo

No Alentejo a oferta e a procura foram médias nas áreas de mercado de Estremoz, de Beja, de Évora e de Elvas. Na área de mercado do Alentejo Litoral a oferta foi média/baixa e a procura foi média. Na área de mercado de Alentejo Norte a oferta foi média e a procura média baixa. Manutenção das cotações nas áreas de mercado com excepção da vaca de abate cruzada de Charolês em algumas áreas de mercado. Assim, a cotação daquela vaca de abate diminuiu 0,25 €/kg P. Carcaça na área de mercado Regional do Alentejo e na área de mercado de Évora e 0,15 €/kg P. Carcaça na área de mercado de Estremoz.

Em todas as áreas de mercado da Região do Alentejo verificou-se uma menor procura de produtos de bovino no mercado interno devido ao encerramento da maioria dos estabelecimentos de restauração devido à pandemia do coronavírus.

A tendência da Bolsa de Bovino foi de uma diminuição de 0,03 €/kg P. Carcaça nas cotações de novilho e de novilha e de manutenção das cotações de vitela e de vaca.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Postos de Atendimento Agrícola nos Açores receberam 8.056 candidaturas ao POSEI e PRORURAL+

Partilhar            O secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, adiantou que os Postos de Atendimento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.