Início / Agricultura / Cotações – Azeite – Informação Semanal – 10 a 16 Abril 2017

Cotações – Azeite – Informação Semanal – 10 a 16 Abril 2017

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações do azeite no mercado mundial continuam em fase altista. Na semana em análise, foram observadas transações a granel na a.m. Trás-os-Montes, onde a cotação mais frequente do azeite virgem extra subiu:
Azeite virgem extra a granel na a.m. Trás-os-Montes = 3,90€/kg (+0,05€/kg);
Azeite virgem a granel a.m. Trás-os-Montes = 3,60€/kg.

Registaram-se subidas nas cotações mais frequentes dos azeites engarrafonados na a.m. Trás-os Montes:
Azeite virgem extra 5 litros a.m. Trás-os-Montes = 4,50€/l;
Azeite virgem extra 5 litros a.m. Beira Interior = 4,80€/l;
Azeite virgem extra 5 litros a.m. Beira Litoral = 4,80€/l;
Azeite virgem extra 5 litros a.m. Ribatejo = 4,71€/l;
Azeite virgem extra 5 litros a.m. Alentejo Norte = 4,80€/l;
Azeite virgem extra 5 litros a.m. Alentejo Central = 4,80€/l;
Azeite virgem extra 5 litros a.m. Alentejo Sul = 4,88€/l.
Azeite virgem 5 litros a.m. Trás-os-Montes = 3,35€/l (+0,01€/l);
Azeite virgem 5 litros a.m. Beira Litoral = 4,80€/l;
Azeite virgem 5 litros a.m. Alentejo Norte = 4,60€/l;
Azeite virgem 5 litros a.m. Alentejo Central = 4,40€/l;
Azeite virgem 5 litros a.m. Alentejo Sul = 4,11€/l.

Comércio internacional

A campanha 2015-2016 registou o terceiro mais elevado volume de produção de azeite das últimas 100 campanhas. Estima-se para a campanha 2016-2017 uma diminuição de cerca de 30% no volume de produção de azeite, relativamente à campanha anterior. Nos 4 primeiros meses da campanha, as exportações de azeites virgem extra e virgem caíram 11% em volume e as importações aumentaram 23%, relativamente ao período homólogo da campanha anterior.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Chega recomenda ao Governo reversão da extinção das Direcções Regionais de Agricultura

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Chega (CH) recomenda ao governo que “reverta a decisão de extinção …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.