Início / Agricultura / Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 3 a 9 Janeiro 2022

Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 3 a 9 Janeiro 2022

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Azeite

Após um ano de contrassafra, as condições meteorológicas durante o desenvolvimento vegetativo foram muito favoráveis, originando uma carga de frutos significativamente superior à da campanha anterior. Conjugando com o peso crescente dos olivais intensivos de regadio, o INE prevê para a campanha 2021/2022 uma produção acima das 1,1 milhões de toneladas (+55% face a 2020) de azeitona para azeite, a mais elevada da série 1945-2021.

A elevada quantidade de matéria-prima, levou, após a última semana de Novembro, ao esgotamento da capacidade de armazenamento de bagaço de azeitona em muitos lagares, uma vez que foi alcançada, principalmente no Alentejo, a capacidade máxima instalada das unidades de recepção e extracção de bagaço de azeitona.

A interrupção da laboração dos lagares obrigou, à suspensão da colheita da azeitona, com potenciais consequências negativas ao nível da quantidade e qualidade do azeite produzido.

Na semana em análise iniciou-se a campanha de comercialização de azeite 2021/2022 na área de mercado Alentejo Sul e prosseguiu no Alentejo Norte, Ribatejo, Beira Interior e Beira Litoral.

Alentejo

O azeite na área de mercado do Alentejo Norte apresenta uma qualidade excelente e a oferta por parte dos operadores continua alta e a procura acentuada por parte dos compradores.

Na área de mercado do Ribatejo, a oferta foi muito alta mas a procura média e a qualidade do azeite apresenta-se boa.

Beira Interior

Na área de mercado da Beira Interior, o azeite apresenta boa qualidade e a oferta foi muito alta para uma procura média. Houve manutenção de todas as cotações. Prevê-se que nesta campanha a produção seja superior e de melhor qualidade que a anterior.

As cotações mantêm-se estáveis na área de mercado da Beira Litoral devido ao equilibrio existente entre uma oferta e uma procura média/ alta. O azeite produzido é armazenado e disponibilizado em função da procura, o seu escoamento tem sido regular, devido a uma procura constante e oferta elevada em ano de colheita abundante.

A nível nacional, as cotações de azeite virgem extra (≤ 0,8°) em garrafão de 5 litros variaram entre 3,40 €/litro e 5,19 €/litro e as cotações de azeite virgem (0,8°≤ 2,0°) em garrafão de 5 litros variaram entre 3,50 €/litro e 4,80 €/litro. Ainda se observaram registos de cotações de azeite virgem e virgem extra a granel. As suas cotações mais frequentes variaram entre 3,15 €/kg e 3,30 €/kg.

Espanha

Em Espanha (Olimerca), líder do mercado mundial de azeite, as cotações médias do azeite virgem extra a granel na Andaluzia variaram entre o mínimo de 3,25 €/kg, na província de Granada e o máximo de 3,45 €/kg, na província de Sevilha. Na província de Jaèn a cotação média registada foi de 3,35 €/kg e na região da Extremadura de 3,30 €/kg.

Azeitona para azeite

Na semana em análise prosseguiu a campanha de comercialização de azeitona para azeite nas áreas de mercado Alentejo Sul, Alentejo Central, Beira Interior e de Trás-os-Montes.

Comparando com a campanha anterior, na área de mercado de Trás-os-Montes estima-se uma produção de azeitona para azeite superior entre 10% e 20%. Esta semana, a quantidade de azeitona transformada foi idêntica à da semana anterior.

As empresas receptoras de bagaço só estão a aceitar, diariamente, no máximo um camião de bagaço por cada lagar e entre 3% a 5% da azeitona da região ainda não foi colhida. Os rendimentos médios das azeitonas continuam bons. A situação do mercado é de uma oferta e procura altas.

Nas áreas de mercado do Alentejo, a oferta apresenta-se alta e uma procura satisfatória por parte dos operadores. Prevê-se que nesta campanha a produção seja ineditamente elevada e o produto apresenta-se com boa qualidade. Na área de mercado da Beira Interior, a oferta passou de muito alta para média/ baixa e a procura manteve-se média/ baixa, a oferta foi fraca para uma procura fraca, e a qualidade do produto é média.

As cotações variaram-se entre 0,20 €/kg e 0,45 €/kg e as cotações mais frequentes entre 0,35 €/kg e 0,40 €/kg.

Comércio internacional

Azeite

Comparando as duas últimas campanhas de azeite, verifica-se que o Saldo comercial português diminuiu, mantendo-se, no entanto positivo, ou seja, Portugal continua a ter superavit neste sector. Comparando com a campanha 2019-2020, verificou-se na campanha anterior uma diminuição (-9%) no volume das exportações, mas em termos monetários as exportações apresentaram um aumento de 13%, ou seja, um crescimento de mais 66 mil euros.

Azeitona de mesa

Comparando os primeiros 8 meses de 2020 com os de 2021, verifica-se que o Saldo comercial português diminuiu, mantendo-se, no entanto positivo, ou seja, Portugal continua a ter superavit neste sector.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Captura de de pescado aumenta 67% em Novembro de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Novembro de 2021, aumentou 66,7% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.