Início / Agricultura / Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 8 a 14 Março 2021

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 8 a 14 Março 2021

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

Na semana em análise registou-se uma subida da cotação média nacional do frango abatido (65% – de 1100 a 1300 g) em relação à semana anterior (+10 cêntimos / kg); estabilidade do frango vivo (de 1,8 kg) e do peru, vivo (de 14 a 15 kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 kg).

Na região da Beira Litoral, na área de mercado da Beira Litoral, a oferta de frango foi relativamente abundante e a procura foi animada. Os produtores tinham reduzido a produção para evitar excesso em caso de confinamento, mas ao contrário do que aconteceu no 1º confinamento, a procura tem estado animada, especialmente no caso do frango de churrasco.

As vendas para Espanha estão praticamente paradas, por falta de produto. Subida de cotações do frango abatido de todas as classes de peso, 700-900 g (+10 cêntimos / kg), 900-1100 e 1100-1300 g (+20 cêntimos / kg) e >1300 g (+25 cêntimos / kg). Também aumentaram a perna (+10 cêntimos / kg) e peito (+15 cêntimos / kg) de frango e o peito de peru (+5 cêntimos / kg).

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de frango foram médias. Estabilidade de cotações do frango e do peru, vivos e abatidos, da perna e peito de frango e de peru e ainda das galinhas vivas, pesadas e semipesadas.

Nota: 1) A partir da semana 01 de 2020 as 2 Áreas de Mercado da Região da Beira Litoral – Dão-Lafões e Litoral Centro fundiram-se, dando origem à Área de Mercado da Beira Litoral. O mesmo aconteceu para as Áreas de Mercado de Dão-Lafões Gr. e Litoral Centro Gr., de cuja fusão resultou a Área de Mercado da Beira Litoral Gr. 2) Iniciou-se na semana 01 de 2021 a recolha de cotações da perna e peito de frango.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos, na produção (ovo a peso de 60 a 68 g) e classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L, apresentaram uma pequena subida em relação à semana anterior, respetivamente +2 cêntimos / kg e +1 cêntimo / dúzia.

Na região da Beira Litoral a oferta de ovo foi relativamente fraca e a procura média nas duas áreas de mercado, Dão -Lafões e Litoral Centro. No Litoral Centro a oferta aumentou um pouco em relação à semana anterior, mas mantêm-se a escassez do ovo classificado da classe XL.

Actualmente a oferta revela-se insuficiente para satisfazer a procura nas duas áreas. Subida das cotações dos ovos, de gaiola, a peso (+5 cêntimos / kg em Dão-Lafões e +3 cêntimos / kg no Litoral Centro) e classificados (em cartão e ovotermo) das classes de peso S, M e L no Litoral Centro (+3 cêntimos / dúzia); também se deram subidas ao nível das cot. mín. dos ovos a peso e classificados de todas as classes de peso nas duas áreas; ligeiro acréscimo dos ovos de solo e de ar livre (+1 cêntimo / dúzia).

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta de ovo foi média e a procura foi animada. A procura baixou um pouco em relação à semana passada, mas mantendo-se animada. A oferta revela-se insuficiente para satisfazer esta procura. Após as subidas registadas na semana passada, os ovos de gaiola (na produção e classificados), os ovos de solo e os de ar livre não registaram quaisquer alterações.

Nota: Iniciou-se na semana 04 de 2021 a recolha de cotações dos ovos de solo (classes de peso M e L) e dos ovos de ar livre (classe M/L), pelo que os ovos que se acompanhavam até esta altura passaram a designar-se ovos de gaiola. As áreas de mercado para os novos produtos são Beira Litoral Gr. e Ribatejo e Oeste Gr.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Já conhece o Portal Único da Agricultura? Centralizados todos os organismos de apoio ao agricultor

Partilhar              O Portal Único da Agricultura era uma promessa da ministra Maria do Céu Antunes, com a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.