Início / Agricultura / Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 25 Abril a 1 Maio 2022

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 25 Abril a 1 Maio 2022

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

Na semana em análise as cotações médias nacionais do frango vivo (de 1,8 kg) e abatido (65% – de 1100 a 1300 g) e do peru vivo (de 14 a 15 kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 kg) mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Beira Litoral

Na região da Beira Litoral, na área de mercado da Beira Litoral, a oferta e a procura de frango foram médias. A procura baixou nas duas últimas semanas, mas a relação oferta- procura manteve-se equilibrada.

Os produtores continuam a controlar cuidadosamente a sua produção face ao elevado preço dos factores de produção. Estabilidade generalizada das cotações do frango vivo e abatido e suas peças (peito e perna), do frango do campo, do peru abatido e suas peças (peito e perna) e ainda das galinhas vivas, pesadas e semipesadas.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta foi relativamente abundante e a procura relativamente animada. Estabilidade generalizada de cotações para o frango e para o peru, vivos e abatidos e suas peças e ainda para as galinhas vivas, pesadas e semipesadas.

Notas: 1) A partir da semana 01 de 2020 as 2 Áreas de Mercado da Região da Beira Litoral – Dão-Lafões e Litoral Centro fundiram-se, dando origem à Área de Mercado da Beira Litoral. O mesmo aconteceu para as Áreas de Mercado de Dão-Lafões Gr. e Litoral Centro Gr., de cuja fusão resultou a Área de Mercado da Beira Litoral Gr.; 2) Iniciou-se na semana 01 de 2020 a recolha de cotações da perna e peito de peru; 3) Iniciou-se na semana 01 de 2021 a recolha de cotações da perna e peito de frango.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos, na produção (ovo a peso de 60 a 68 g) e classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L, não apresentaram quaisquer alterações em relação à semana anterior.

Beira Litoral

Na região da Beira Litoral a oferta de ovo foi relativamente abundante e a procura foi relativamente animada nas duas áreas de mercado, Dão-Lafões e Litoral Centro. A procura sofreu uma quebra nas duas últimas semanas com a passagem da Páscoa.

Mantém-se a falta de ovo na Europa devido à diminuição da oferta em virtude da guerra e da gripe aviária. A alta de preços verificada em Março ficou a dever-se à falta de ovo no mercado e à subida dos factores de produção.

Estabilidade de cotações dos ovos de gaiola, na produção e classificados, em cartão e ovotermo, de todas as classes de peso, nas duas áreas analisadas. A oferta dos ovos classificados de solo e de ar livre foi média e a procura animada e as cotações mantiveram-se estáveis.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de ovos foram médias, tendo ambas sofrido uma redução em relação à semana passada. As cotações dos ovos, de gaiola, na produção e classificados e classificados de solo e de ar livre mantiveram-se estáveis.

Nota: Iniciou-se na semana 04 de 2021 a recolha de cotações dos ovos de solo (classes de peso M e L) e dos ovos de ar livre (classe M/L),pelo que os ovos que se acompanhavam até esta altura passaram a designar-se ovos de gaiola. As áreas de mercado para os novos produtos são Beira Litoral Gr. e Ribatejo e Oeste Gr.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Como cultivar lentilhas: tudo o que deve saber para começar

Partilhar              Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola Como …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.