Início / Agricultura / Corteva Agriscience obtém registo definitivo para o Loyant. Herbicida para a cultura do arroz

Corteva Agriscience obtém registo definitivo para o Loyant. Herbicida para a cultura do arroz

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Corteva Agriscience, empresa de referência do sector agrícola em tecnologia de sementes, protecção das culturas e agricultura digital, obteve o registo definitivo do novo herbicida Loyant, no âmbito do Art. 33 do Regulamento (UE) 1107/2009. Com este registo, a empresa põe à disposição dos orizicultores uma nova solução para controlo das infestantes na cultura do arroz, em pós-emergência, com a garantia de que respeita o meio ambiente.

O Loyant, distribuído em Portugal pela Lusosem, é a primeira formulação desenvolvida pela Corteva Agriscience com base na substância activa Rinskor, membro da nova família química arylpicolinatos, constituindo um novo e alternativo modo de acção para o controlo de infestantes de folha larga, ciperáceas e gramíneas na cultura do arroz.

O seu amplo espectro de acção, a sua elevada flexibilidade de uso, assim como “o perfil favorável para o ambiente, o aplicador e o consumidor”, fazem do Loyant uma ferramenta indispensável para a gestão de infestantes.

Daniel Giraldo, category marketing manager em protecção das culturas da Corteva Agriscience na Ibéria, destaca a importância deste novo herbicida: “Loyant não só é um herbicida eficaz de largo espectro, mas também é a chave para um novo mundo de possibilidades nas estratégias de controlo de infestantes na cultura do arroz, permitindo uma melhor qualidade e rendimento da colheita. Os resultados obtidos durante a campanha 2020 em Portugal, graças à autorização excepcional do produto, mostram que o Loyant é o herbicida que os orizicultores portugueses procuravam”.

Por sua vez, Filipa Setas, directora de desenvolvimento, marketing e inovação da Lusosem, salienta que “o Loyant vem complementar o robusto catálogo da Lusosem na cultura do arroz. A forte Estratégia Integrada da empresa na gestão das infestantes do arroz é agora reforçada com uma ferramenta que permite reduzir o risco de desenvolvimento de resistência das infestantes aos herbicidas. A Lusosem tem uma forte presença no campo, com a qual procura apoiar técnicos e orizicultores integrando as suas soluções, métodos culturais e boas práticas na gestão parcela-a-parcela que cada vez mais é necessária”.

Já Gonçalo Canha, gestor de cultura de arroz, sementes, protecção da cultura e nutrição da Lusosem, confirma que “as campanhas de 2019 e 2020 permitiram a muitos orizicultores e técnicos conhecer o novo herbicida Loyant e confirmar o elevado potencial no controlo de infestantes de folha larga, ciperáceas e gramíneas. A facilidade de utilização em misturas, a larga janela de aplicação e baixa dose tornam esta solução a primeira escolha na maioria dos programas de herbicidas nas três principais regiões orizícolas nacionais”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Atleta de Moura: Stefano da Piedade conquista 5º lugar no Campeonato Nacional de Pesca à Bóia

Partilhar              O atleta do Clube Mourense Amadores de Pesca e Caça Desportiva, Stefano da Piedade, alcançou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.