Início / Agricultura / Corteva aconselha fungicida Zorvec no combate ao míldio da videira

Corteva aconselha fungicida Zorvec no combate ao míldio da videira

A Corteva Agriscience, empresa de referência do sector agrícola em tecnologia de sementes, protecção das culturas e agricultura digital, aconselha os agricultores a utilizarem o seu fungicida Zorvec no combate ao míldio da videira.

As características do Zorvec “permitem aos agricultores gerir, da melhor forma, a sua estratégia anti-míldio, para obter colheitas mais saudáveis”, refere a empresa, acrescentando que “o seu efeito sistémico protege as folhas, os rebentos e os cachos à medida que crescem” e que a sua “resistência à lavagem pela chuva evita ter que repetir aplicações”.

Outra das vantagens deste fungicida são: “não tem resistências cruzadas, o que garante uma maior probabilidade de sucesso contra o míldio”; e tem um “perfil favorável que respeita o ambiente”, frisa a Corteva.

A gama Zorvec Active conta com dois produtos: o Zorvec Vinabel e o Zorvec Vinabria.

Zorvec Vinabel

O Zorvec Vinabel é um fungicida sistémico indicado para o controlo do míldio da videira (uvas de mesa e uvas para vinificação), composto por oxatiapiprolina e zoxamida.

A oxatiapiprolina é uma substância activa sistémica e com mobilidade translaminar, com actividade preventiva e curativa. Apresenta um modo de acção novo: inibe a proteína de ligação ao oxisterol (OSBP)nas células dos fungos (FRAC código 49).

A mobilidade no xilema ajuda na protecção das folhas ainda não totalmente expandidas no momento da aplicação e nos crescimentos emergentes.

A zoxamida pertencente à família química das benzamidas eficaz em oomicetas. A zoxamida é uma substância activa não sistémica, com atividade preventiva. Inibe a divisão celular por ligação à ß-tubulina o que interrompe a formação de microtúbulos, que são críticos para a mitose (FRAC código 22).

Saiba mais sobre o Zorvec Vinabel aqui.

Zorvec Vinabria

Por sua vez, o Zorvec Vinabria é um fungicida sistémico e de superfície indicado para o controlo do míldio da videira, composto pela nova substância activa oxatiapiprolina com acção sistémica e translaminar e pela substância activa folpete com acção de superfície.

A oxatiapiprolina actua por inibição da proteína de ligação ao oxisterol (OSBP) nas células dos fungos. Este modo de acção é novo e encontra-se identificado pelo FRAC (Fungicide Resistance Action Committee) como F-49.

A substância activa apresenta actividade translaminar, o que confere uma protecção uniforme aos tratamentos realizados com Zorvec Vinabria. Adicionalmente a mobilidade da substância activa através do xilema permite uma protecção adequada das folhas que não se encontrem totalmente expandidas na altura da aplicação bem como os novos crescimentos.

O folpete é uma substância activa com amplo espectro de acção estando classificado pelo FRAC no grupo M. Esta substância activa apresenta actividade de superfície impedindo o estabelecimento do patogénico através da inibição da germinação dos esporos.

Saiba mais sobre o Zorvec Vinabria aqui.

Todas as informações sobre o catálogo da vinha da Corteva aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

PS Açores acusa Governo Regional de falhas na gestão das quotas pesqueiras

Partilhar              O Partidos Socialista (PS) dos Açores entregou um requerimento ao Governo Regional dos Açores, intitulado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.