Início / Agricultura / Cooperativa de São Mamede da Ventosa inaugura nova adega

Cooperativa de São Mamede da Ventosa inaugura nova adega

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Adega Cooperativa de São Mamede da Ventosa, de Torres Vedras, inaugura hoje, 26 de Junho. uma nova adega, um investimento de 4,5 milhões de euros para fazer face ao aumento da para produção, disse o seu presidente.

“Tem havido a plantação de novas vinhas, por isso necessitávamos de ampliar as nossas instalações e dar resposta em termos tecnológicos à produção de vinhos regionais e de denominação de origem”, afirmou à Lusa Luís Santos, segundo o site da Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Portugal.

A área de cultivo dos associados da cooperativa aumentou 200 hectares só nos últimos dois anos. Em 2015, processou 27 mil toneladas de uva para produção de vinho e, com o aumento da área de vinha, estima dentro de três anos ter uma produção de 30 mil toneladas.

Enquanto a adega antiga da cooperativa vai produzir vinhos brancos e tintos, a nova adega vai estar só vocacionada para vinhos tintos, tendo capacidade para processar 8,5 mil toneladas de uva.

Meio milhar de associados

Com meio milhar de associados, a cooperativa factura por ano entre 12 a 15 milhões de euros e exporta 90% da sua produção que chega a mercados como Angola, Moçambique, Guiné, China, Rússia, Estados Unidos da América, países europeus e Brasil.

A nova adega resultou de obras de adaptação de um antigo edifício do Instituto da Vinha e do Vinho, adquirido pela cooperativa, resulto num investimento de 4,5 milhões de euros, financiados por fundos comunitários.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Volume de capturas de pescado em Portugal aumenta 48,4% em Agosto de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Agosto de 2021, aumentou 48,4% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.