Início / Agricultura / CoolFarm startup na área da agricultura sustentável indoor escolhe IBM Cloud

CoolFarm startup na área da agricultura sustentável indoor escolhe IBM Cloud

A IBM Portugal e a CoolFarm, uma startup da área de Smarter Food e de agricultura sustentável indoor, assinaram um protocolo que prevê a utilização da plataforma cloud da IBM-Softlayer, dando suporte à arquitectura e aos ambientes de TI da empresa de Coimbra, por forma a aumentar e a melhorar a sua capacidade de lidar e gerir os dados dos clientes na cloud.

A CoolFarm nasceu com o propósito de, tirando partido de tecnologia topo de gama, como soluções de inteligência artificial e machine learning, proporcionar aos clientes do sector agrícola um sistema de controlo flexível, facilmente aplicável a todos os sensores disponíveis no mercado para a recolha de dados e para todas as tipologias de interiores (estufas e armazéns).

Com o sistema inteligente de controlo de plantas da CoolFarm – o CoolFarm Brain -, os produtores agrícolas podem ligar todos os sensores num sistema integrado, de acordo com suas necessidades, obtendo todos os dados essenciais de uma forma rápida e simples, dando-lhes o que eles precisam e quando precisam. Todos os dados são geridos na cloud, podendo ser avaliados em modo online ou offline, através de smartphones, tablets ou computador.

Mais especificamente, o CoolFarm Eye é um “sensor primordial que vê e analisa a evolução e crescimento das plantas, considerando todas as acções tomadas ao longo do cultivo, permitindo tomar medidas e decisões mais assertivas e conscientes”, diz fonte institucional da IBM.

Para avançar com este projecto, a CoolFarm necessitava assegurar uma plataforma de cloud fiável e segura, sem a necessidade de fazer grandes investimentos iniciais. Neste sentido, o acordo com a IBM inclui o acesso à plataforma cloud da IBM-Softlayer, permitindo uma maior capacidade de escalabilidade, fornecendo à startup uma “oportunidade de maior crescimento e uma experiência mais integrada, inovadora e personalizada para os seus utilizadores”, adianta a mesma fonte.

Alugar máquinas bare metal

“O grande factor diferenciador da Softlayer em relação à concorrência é sem dúvida a possibilidade de alugar máquinas bare metal, e foi sem dúvida o factor decisivo. A CoolFarm corre algoritmos de machine learning na cloud, e a capacidade de correr os algoritmos numa máquina bare metal com aceleração gráfica foi o que nos convenceu”, afirma Gonçalo Cabrita, Founder e Ceo da CoolFarm.

“Por outro lado, a grande vantagem de trabalhar com a Softlayer em termos de negócio é o facto de estarmos associados à IBM. Isto dá imensa credibilidade ao projecto tendo em conta a reputação que a IBM tem no mundo empresarial, e sendo o CoolFarm um produto B2B. Além disso é mais credível para a CoolFarm apresentar-se como parceiro em detrimento de ser apenas cliente”, acrescenta aquele empreendedor.

Esta parceria surge no âmbito do Programa IBM Global Entrepreneur for Cloud Startups, lançado pela companhia, e que tem por objectivo ajudar startups e empreendedores de todo o mundo a aproveitar o poder da cloud e da rede global da IBM, com acesso privilegiado a clientes corporativos, consultores e centros de inovação.

“A CoolFarm e a utilização que esta fez do programa IBM Global Entrepeneur for Cloud startups representa mais um claro sinal da IBM no suporte a startups que necessitam de soluções de cloud robustas, escaláveis e flexíveis em modelos as-a-service de nível empresarial. Estamos dispostos a arriscar em conjunto com estas empresas”, sustenta Gonçalo Costa Andrade, director da Divisão de Cloud da IBM Portugal.

A startup CoolFarm é uma das empresas participantes num painel de debate que terá lugar na conferência IBM BusinessConnect na manhã do dia 21 de Junho, na Estufa Fria, Parque Eduardo VII, em Lisboa.

A CoolFarm é hoje reconhecida mundialmente como uma empresa tecnologicamente inovadora cuja imagem aproxima as pessoas aos desafios globais agro-alimentares e de sustentabilidade. O CoolFarm Brain é um sistema de controlo para plantas inteligente, integrado, intuitivo e facilmente adaptado a todo o tipo de estufas e armazéns. É composto essencialmente por software baseado em inteligência artificial e machine learning que controla de forma inteligente as condições da água, do ar e da luz dentro de uma estufa, proporcionando às plantas o que elas precisam e apenas quando precisam, optimizando assim recursos naturais, mecânicos e humanos.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

PS Açores acusa Governo Regional de falhas na gestão das quotas pesqueiras

Partilhar              O Partidos Socialista (PS) dos Açores entregou um requerimento ao Governo Regional dos Açores, intitulado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.