Início / Agricultura / Continente alarga rede de produtores nacionais

Continente alarga rede de produtores nacionais

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“Ajudar os produtores portugueses no escoamento de produtos essenciais, nesta fase de emergência nacional”, é o objectivo do Continente que pretende alargar a sua rede através da integração de novos membros no Clube de Produtores Continente (CPC).

Em comunicado, o Grupo Sonae refere que as vendas do Continente de produtos nacionais têm aumentado progressivamente, sendo que no último ano foram adquiridas mais de 92 mil toneladas, que correspondem a frutas e legumes, dos quais se destacam: 16 mil ton de citrinos do Algarve; 9 mil ton de maçãs de Alcobaça e da Beira Alta; 5 mil ton de pêra Rocha do Oeste; 13 mil ton de legumes para sopa; e 10 mil ton de batatas, alhos e cebolas.

15 mil toneladas de queijos

O Grupo realça ainda mais de 15 mil toneladas de queijos produzidos em Portugal, correspondentes a cerca de 150 milhões de litros de leite recolhidos em todo o País e 4 mil toneladas de trigo do Alentejo, cuja farinha é utilizada diariamente para produzir pão fresco nas lojas Continente.

“Neste período de emergência em que se exige uma actuação próxima dos nossos produtores, pretendemos promover a integração de novos membros, garantindo todos os rigorosos procedimentos de segurança e de qualidade dos nossos produtos”, afirma Ondina Afonso, presidente do Clube de Produtores Continente.

O objectivo do CPC é disponibilizar “produtos nacionais de excelência” aos clientes, resultantes de um trabalho de parceira com os produtores, com suporte em conhecimento técnico-científico e que permite alinhar a oferta às tendências de consumo.

É também aposta do Clube o apoio à produção local, a produtores de pequena escala, conseguindo abastecer algumas lojas da cadeia de retalho Continente, traduzindo-se numa oferta de “Produtos da Região”.

Clube de Produtores Continente

O Clube de Produtores Continente (CPC) é uma estrutura de apoio à produção agropecuária portuguesa, criado em 1998, com o intuito de aproximar a Sonae MC dos produtores nacionais, distribuídos de Norte a Sul do País, Açores e Madeira.

Os produtores encontram no CPC uma via garantida para o escoamento da sua produção, enquanto a Sonae MC garante a oferta, aos seus clientes, de “produtos portugueses que respeitam as melhores práticas de produção”.

O CPC conta actualmente com 200 membros, entre organizações de produtores, agricultores individuais e empresas familiares com produção de: frutas e legumes, charcutaria (queijos e enchidos), carne, padaria e pastelaria tradicional, peixe, vinhos, azeite, ovos, mel e take-away.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Ambição Agro 2020-30. António Costa: “robustecer sector agrícola nacional é fundamental para recuperar economia”

Partilhar            O primeiro-ministro António Costa afirmou que para recuperar e a economia e torná-la mais resiliente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.