Início / Agricultura / Conselhos úteis para uma boa colheita na horta: o que deve saber

Conselhos úteis para uma boa colheita na horta: o que deve saber

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

Sendo a colheita dos hortícolas a última fase de todo um processo produtivo é importante ter em conta algumas informações. É certo que deve ter em conta que o cultivo de hortícolas e frutícolas nas épocas certas e não em momentos desfasados vai contribuir para produtos agrícolas com uma maior qualidade. Além do mais, se consumir os produtos sazonais na época certa vai garantir uma maior eficiência energética ao diminuir as necessidades de conservação dos mesmos no frio. Neste novo artigo partilho consigo algumas das principais informações que deve ter em conta para uma colheita na horta mais eficiente.

colheita na horta

Dicas gerais sobre colheita na horta

São vários os partes das plantas cultivadas que podemos aproveitar para a nossa alimentação desde tubérculos, folhas, flores, inflorescências, frutos, vagens, sementes, bolbos, etc.

As produtividades finais obtidas em cada cultura dependem de vários factores que podem ser desde a temperatura, água da rega, pragas e doenças que podem eventualmente surgir, exposição solar, vento, aparecimento de acidentes fisiológicos, entre outros.

Um horticultor de primeira viagem deve ter um vaga ideia de qual a produção esperada por metro quadrado para que consiga planear a sua produção e os cultivos na sua horta mais facilmente ao longo do ano. Um planeamento da horta eficaz ajuda a ter uma ideia mais clara de quantas plantas pode cultivar por metro quadrado e a área total necessária para suprir as necessidades do seu agregado familiar.

A densidade de plantas por metro quadrado é assim um importante factor a ter em conta. Plantas que ocupam muito espaço como a abóbora exigem menor densidade de plantas por m2, no entanto, acabam por ter uma produtividade por planta maior. Em média, uma planta de abóbora produz cerca de 2,5kg. Já o contrário acontece em plantas que ocupam pouco espaço como o alho francês em que se pode usar uma densidade de plantas de cerca de 25/m2. A produtividade média por planta é nestes casos muitíssimo inferior (cerca de 150 g por planta).

colheita na horta como fazer
A colheita dos hortícolas na horta é um dos momentos mais esperados pelos horticultores.

A colheita na altura certa

O momento certo para fazer a colheita na horta coincide com o período em que termina o ciclo cultural da planta. Nem sempre o fim do ciclo cultural coincide com o fim do ciclo biológico. Um exemplo muito claro é a cenoura que é um cultura bienal mas que é cultivada como anual (é colhida no primeiro ano sem que ocorra a produção de sementes que ocorre só no segundo ano).

O momento da colheita varia assim de cultura para cultura.

A abóbora por exemplo é colhida quando atinge o tamanho desejado sendo que quanto mais tarde for a colheita mais dura a sua polpa se torna. Já o alho e a cebola são colhidos após a senescência das folhas, com o tempo seco e quente. No entanto, a batata-doce só é colhida quando as folhas começam a adquirir coloração amarela. Para testar, pode retirar um batata do solo, cortá-la e se o corte secar rapidamente é um bom indicador que a batata está pronta a ser colhida. No caso da couve-flor, faz-se a colheita da inflorescência imatura cortando o caule e deixando algumas folhas que estão em torno da cabeça. Na couve-nabo colhe-se os grelos antes da abertura das flores. Estes são apenas alguns exemplos que servem para ilustrar os momentos diferentes da colheita consoante o tipo de produtos agrícolas que as culturas que instalamos na nossa horta produzem.

Quando colher: duração média do período da colheita

Embora em alguns casos a colheita seja um acto único, em outros acabam por estender-se no tempo. As colheitas não um acto instantâneo em que apenas é permitido que sejam feitas durante um único dia. Podem estender-se por períodos que podem ser de curta duração como o rabanete que vai de 10 a 20 dias ou por períodos mais longos como na couve que podem entender-se até os 90-100 dias.

No momento da colheita existem alguns factores que deve ter em consideração, nomeadamente a condução das operações de colheita, transporte e armazenamento dos produtos hortícolas pois podem comprometer o rendimento final das culturas. Existem alguns princípios relacionados com a colheita que deve ter em consideração como por exemplo efectuar a colheita sempre no estado de maturação ideal de forma a assegurar a máxima qualidade dos produtos colhidos.

Deve ainda garantir que efectua a colheita nas horas mais frescas do dia de forma a que os produtos agrícolas colhidos não sofram os efeitos das temperaturas mais elevadas.

Danos mecânicos como pisaduras, compressões, feridas ou esmagamentos devem ser evitados ao máximo e por isso a(s) pessoas(s) responsáveis pela colheita devem estar sensibilizados para as boas práticas a aplicar nestes momentos diminuindo a probabilidade de dados no final do ciclo cultural.

Após colhidos, deve garantir que os produtos agrícolas ficam protegidos da exposição solar de forma a reduzir o aquecimento e minimizar as perdas de água. As baixas temperaturas decorrentes do arrefecimento ajudam a conservar os produtos agrícolas e por isso é importante que o tenha em conta.

Sempre que encontrar algum produto agrícola doente, danificado ou com má qualidade deve garantir que o remove/elimina dos hortícolas sãos para minimizar possíveis “contágios”. Os recipientes ou contentores que usar para a colheita devem ser limpos, lavados e desinfectados antes de serem usados, sendo os cestos de verga muito utilizados para estas operações. É importante ainda ter em conta que quando vai efectuar a colheita deve fazer um estudo prévio sobre os índices de desenvolvimento ou maturação dos produtos a colher bem como sobre os  procedimentos de colheita e transporte para garantir que a colheita ocorre como esperado e os produtos não perdem qualidade.

colheita na horta
os cestos são bons utensílios para colher os seus hortícolas e frutícolas.

A colheita de sementes: o que deve ter em conta

Um dos aspectos que deve ter em conta é que nem todas as plantas apresentam boas características para serem multiplicadas. Para seleccionar as melhores deve considerar características como o calibre, a textura, o porte da planta, a produção, a resistência a pragas e a doenças, etc. Depois de seleccionar as melhores plantas para depois colher as sementes, deve “marcá-las” para que depois no momento da colheita não lhe perca o rasto. Depois de seleccionadas, garanta que apenas colhe as suas sementes quando estas atingirem a plena maturação dado que nesse caso o seu armazenamento será melhor. É importante ainda que garanta que depois de colher as sementes as peneire para eliminar todas as possíveis impurezas presentes. Pode ainda colocar as sementes num recipiente com água durante um dia e após esse período verificar quais “vão ao fundo” e quais permanecem a boiar. As sementes que permanecerem a boiar assim como as impurezas deverão ser eliminas. As sementes que ficarem no fundo estarão viáveis a ser guardadas depois de secas.

Como secar sementes

Depois de colher as sementes, separar as melhores e limpá-las deve proceder ao processo de secagem. Precisa para tal de as colocar sobre folhas de papel num tabuleiro, vira-las com alguma frequência e colocá-las sobre novas folhas de papel. Para este processo necessita de garantir temperaturas a rondar os 30ºC evitando temperaturas a rondar os 40ºC pois podem causar danos às sementes. Sementes de maiores dimensões necessitam de mais tempo (cerca de 1 semana) de secagem do que sementes mais pequenas (cerca de 3 dias). Teores de humidade após este processo devem rondar os 8 a 15%. Após a secagem as sementes devem ser armazenadas para que não absorvam humidade.

Como conservar sementes

Para uma boa conservação deve evitar o calor e a humidade excessivos dado que estes fatores podem levar ao desenvolvimento de fungos e deteriorar a qualidade das sementes. Se quiser evitar o congelador, pode sempre conservar as sementes em frascos e garrafas de cores escuras e à prova de humidade, desde que colocadas em locais frescos.

Para melhores condições de conservação deve colocar as sementes no congelador (-15ºC) e dessa forma diminuir drasticamente a probabilidade de serem atacadas por insectos.

colheita na horta conservaçao

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

CAP promove debate sobre Planos de Gestão de Região Hidrográfica 2022-2027

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal promove no auditório da sua sede, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.