Início / Agricultura / Confagri defende reformulação do Conselho Nacional da Água

Confagri defende reformulação do Conselho Nacional da Água

A direcção da Confagri — Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas diz que “as recentes declarações do secretário-geral do Conselho Nacional da Água (CNA) [Poças Martins] mostram a necessidade de reformulação da estrutura e do funcionamento deste órgão de consulta do Governo, responsável pelo planeamento e pela gestão sustentável da água, criado no final da última década do século passado”.

Em entrevista à Lusa, Poças Martins alertou que a “água de graça” e subsídios dados aos agricultores “são perversos” e que é preciso “uma mudança de paradigma” na agricultura portuguesa.

Para a Confagri, “o desconhecimento revelado e os juízos de valor sobre a agricultura nacional e os agricultores apresentados pelo secretário-geral daquele órgão são inaceitáveis”.

Em nota de imprensa, a Confederação refere que “efectivamente, a agricultura e a pecuária representam 74% dos volumes anuais de água utilizados no nosso País. No entanto, e de acordo com o relatório “Regadio 2030”, em Portugal, o consumo médio de água por hectare regado passou, em algumas décadas, de 15.000 para 4.000 m3/ha, valor médio que se verifica na actualidade. Esforço conseguido com o apoio de incentivos que permitiram a modernização e o uso mais eficiente dos sistemas de regadio”.

E acrescenta que “tendo, também, presente as alterações climáticas e sendo necessário garantir maiores disponibilidades de água para as populações, para as actividades económicas e para os ecossistemas, as preocupações daquele órgão deveriam centrar-se na maximização do aproveitamento das afluências das principais albufeiras das bacias hidrográficas, com uma capacidade actual de retenção de apenas 20%, e na melhoria dos sistemas de abastecimento públicos que chegam a ter perdas de 80%. Mas é sempre mais fácil atacar a agricultura e os agricultores”.

Relembre-se que na entrevista à Lusa, Poças Martins defendeu que “neste momento não podemos estar a pedir mais barragens enquanto os agricultores não forem eficientes na rega. Não podemos estar a fazer mais barragens e depois regar por aspersão em Agosto”.

Por isso, a Confagri “considera urgente que o Conselho Nacional da Água e sua composição sejam reformulados dada a insuficiente representação da agricultura num órgão de tanta importância para o sector agrícola”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Produtores apresentam projecto de promoção da Maçã de Alcobaça em mercados externos

Partilhar              A APMA – Associação dos Produtores de Maçã de Alcobaça vai apresentar amanhã, 3 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.