Início / Empresas / Companhia alemã desenvolve teste rápido para o vírus Zika
Foto: Revista Ecológica

Companhia alemã desenvolve teste rápido para o vírus Zika

A companhia alemã de biotecnologia Genekam desenvolveu o primeiro teste para detectar a eventual presença do vírus Zika em humanos, mesmo quando não há sintomas. O exame a partir de uma amostra sanguínea ocorre em tempo real, fornecendo resultados rápidos sobre o número de patogénicos do vírus Zika no organismo.

O procedimento fornece resultados em tempo real, a partir de análise de DNA em amostra de sangue. Teste consegue identificar vírus mesmo sem a presença de sintomas. Kits estão a caminho do Brasil, diz o site www.revistaecologica.com.

“O nosso teste examina o DNA e trabalha com substâncias químicas que reagem exclusivamente ao vírus Zika”, relatou à DW o virologista Sudhir Bhartia. “Patogénicos semelhantes, como o da dengue, não aparecem nos resultados”, adianta aquele responsável.

Segundo se pode ler no site da Revista Ecológica, apenas “uma em cada cinco pessoas adoece no contacto com o vírus, e até o momento o diagnóstico só é possível caso se apresentem sintomas. Essa circunstância é especialmente dramática para as gestantes, pois existe uma possível relação entre a infecção pelo Zika e o desenvolvimento de microcefalia no feto”.

Uso reservado a especialistas

Um primeiro lote de kits do teste está a caminho do Brasil. Normalmente esse tipo de recurso médico passa por uma longa fase de testes, antes de ser aceite. Mas, as autoridades brasileiras abriram uma excepção devido ao rápido avanço do Zika vírus na América do Sul.

Os custos do procedimento desenvolvido pela empresa de biotecnologia sediada em Duisburg são relativamente baixos, ficando à volta de cinco euros (cerca de 20 reais) por teste. No entanto, clínicos gerais não estão autorizados a fazer o diagnóstico.

Teste para turistas

Para os turistas que saíram recentemente da América do Sul há um método de diagnóstico simples, embora mais demorado, lembra Christian Drosten, do Instituto de Virologia da Universidade de Bonn, diz a Revista Ecológica.

“Se a pessoa não apresenta os sintomas três semanas após o retorno, eles não se vão mais manifestar. E duas semanas mais tarde, o vírus não estará mais presente no corpo”, explica. Em adultos saudáveis, os sintomas do Zika são, em geral, febre, dores nas articulações e irritação da pele.

A companhia alemã de biotecnologia Genekam desenvolveu o primeiro teste para detectar a eventual presença do vírus Zika em humanos, mesmo quando não há sintomas. O exame a partir de uma amostra sanguínea ocorre em tempo real, fornecendo resultados rápidos sobre o número de patogénicos do vírus Zika no organismo.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Empresa eslovaca de produção de bebidas à base de plantas procura distribuidores e oferece franchising

Partilhar              Uma empresa eslovaca, especializada na produção de bebidas à base de plantas, iogurtes e produtos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.