Início / Agricultura / Como cultivar melão e melancia: o básico que deve saber

Como cultivar melão e melancia: o básico que deve saber

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

O melão, a melancia e a meloa pertencem à família das curcubitáceas e por essa razão são muito semelhantes no que diz respeito ao seu cultivo e práticas culturais adoptadas.  São conhecidas como frutas das estações mais quentes por serem consumidas frescas e devido a possuírem na sua composição uma grande quantidade de água, fibras e nutrientes, possuindo inegáveis propriedades diuréticas.

Neste artigo, partilho consigo as principais dicas para cultivar melão e melancia.

como cultivar melão

Como cultivar melancia

Vou começar por falar da melancia que confesso que destes três é a minha favorita! A melancia cresce e desenvolve-se bem em regiões de clima temperado, embora prefiram locais com temperaturas mais quentes.

A época ideal de plantação desta cultura vai desde o mês de Abril a Maio. Para isso, é importante que faça uma boa mobilização do solo antes de instalar a cultura. Depois da terra já estar devidamente preparada, “abra regos” com uma profundidade de 25/30 cm de profundidade e 30/35cm de largura e coloque fertilizantes orgânicos no fundo do rego. Posteriormente, coloque terra por cima do fertilizante orgânico.

Agora vamos semear! Coloque duas a três sementes num “montinho” distanciando cerca de meio metro dos próximos “montinhos” de sementes. Cubra as sementes com um camada muito superficial de terra. É importante que regue depois de concluir a sementeira, especialmente se o tempo que se fizer sentir for seco. Se for uma produção caseira e uma área muito reduzida, regue utilizando um regador com raro (para uniformizar a quantidade de água regada).

como cultivar melancia

Agora que já instalou a cultura deve ir acompanhando regularmente o seu crescimento e desenvolvimento, controlando especialmente o crescimento de plantas infestantes.

Deve também estar atendendo à germinação dos montinhos de sementes que elaborou. Se tiver a sorte das três sementes germinarem, deve fazer uma monda. Isto significa que deve transplantar uma das plântulas para outro local para que assim o espaço para se desenvolverem ser maior. As duas plântulas restantes devem ser orientadas para locais distintos de forma a terem espaço para se desenvolverem. Tendo em conta os sinais que a planta lhe for dando, pode ser importante fazer uma adubação de correcção. Deixo aqui a ressalva de que o fertilizante aplicado não deve ser encostado à planta, correndo o risco de a “queimar”.

A melancia é uma cultura resistente à seca apesar de em condições de regadio as produtividades serem bem mais interessantes. Dado que esta cultura apresenta um grande desenvolvimento vegetativo a evapotranspiração é também bastante elevada. A rega é especialmente importante na fase de desenvolvimento dos frutos, desde o vingamento ao início da maturação dos mesmos. Tenha em atenção que não deve regar em demasiado pois a humidade em excesso pois promover a podridão dos frutos e o seu rachamento.

As principais pragas na melancia são: ácaros, afídeos, alfinete, larvas mineiras, moscas brancas, nóctuas, roscas, tripes, nematodes, etc.

As principais doenças na melancia são: alternária, antracnose, míldio, oídio, podridão cinzenta, verticilose, etc.

A melancia fica pronta a colher cerca de 3 a 4 meses depois da sementeira. Quando está pronta a ser consumida o seu elo junto ao cordão da melancia está seco (significando que está madura).

Como escolher a melancia perfeita: dicas úteis para fazer um “brilharete”

Como cultivar melão

Existem várias variedades de melão como por exemplo o melão amarelo, melão pele de sapo, melão branco do Ribatejo, casca de carvalho, etc.

Em termos de preparação do solo e instalação da cultura, a cultura do melão é semelhante à melancia.

A cultura do meloeiro deve ser instalado quando as temperaturas baixas já não se fazem sentir, que coincide com o período de finais de Março a Maio. A colheita pode estender-se de Julho a Setembro. Para ultrapassar o “problemas das baixas temperaturas” há quem faça a sementeira em locais abrigados como estufas ou estufins, sendo transplantado para local definitivo quando as temperaturas forem mais agradáveis. Se vai cultivar melão no seu quintal, garanta que o seu solo tem a profundidade suficiente e é bem drenado. O pH deve ser alcalino (possui pouco tolerância à acidez).

Quanto às necessidades hídricas, o melão é relativamente resistente à seca. No entanto, em condições de sequeiro a sua produtividade é muito afectada. Nas fases de vingamento e crescimento dos frutos a rega é bastante importante!

Os insectos polinizadores como as abelhas são essenciais à polinização dado que é fundamental para a boa qualidade dos frutos.

como cultivar melão

As principais pragas no melão são: ácaros, afídeos, alfinete, joaninha dos melões, larvas mineiras, moscas brancas, tripes, nóctuas, etc.

As principais doenças no melão são: podridão cinzenta, antracnose, oídio, fusariose, míldio das curcubitáceas, etc.

Se pretende saber como cultivar melão deve ter em conta que este fruto ocupa muito espaço. Para minimizar esta questão, deve capar a planta de forma a incentivar o crescimento de rebentos laterais e reprimir o crescimento em comprimento. Garanta que esta planta seja despontada durante o crescimento de três em três folhas, repetindo este procedimento até 4 vezes durante o seu ciclo cultural.

Aconselho a que faça também a monda dos frutos de forma a deixar crescer apenas um melão por haste.

O melão fica pronto a colher cerca de 3 a 4 meses depois da sementeira. Quando está pronta a ser consumida o seu elo junto ao cordão do melão está seco (significando que está maduro). Neste momento, o melão possui uma tonalidade amarelada e o seu cheiro agradável sente-se no ar, está pronto 🙂

como cultivar melão

Espero que tenha gostado destas dicas 🙂 Boas cultivos!

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Madeira consegue controlo da Psila Africana dos citrinos com luta biológica

Partilhar              A Psila Africana dos citrinos (Trioza erytreae), um insecto originário da África subsaariana, tem como …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.