Início / Agricultura / Comissão publica recomendações para planos estratégicos nacionais da Política Agrícola Comum

Comissão publica recomendações para planos estratégicos nacionais da Política Agrícola Comum

A Comissão Europeia emitiu hoje, 18 de Dezembro, recomendações para cada Estado-membro a fim de contribuir para a elaboração dos seus planos estratégicos no quadro da Política Agrícola Comum (PAC), acompanhadas de uma comunicação.

Estas recomendações fazem parte do diálogo entre a Comissão e os Estados-membros para os ajudar a implementar a PAC a partir de 2023 e para assegurar que os seus planos estratégicos no âmbito da PAC dão um contributo ambicioso para o Pacto Ecológico Europeu.

Estes planos estratégicos, que constituem um elemento fundamental da reforma da PAC, definirão a forma como cada Estado-membro utilizará os instrumentos da PAC com base numa análise da respectiva situação, a fim de alcançar os objectivos específicos da PAC e do Pacto Ecológico Europeu.

Para o Comissário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Janusz Wojciechowski, “as recomendações aos Estados-membros são um passo crucial na transição para aumentar a sustentabilidade e resiliência do nosso sector agrícola. Recomendo vivamente os Estados-membros a terem em conta estas recomendações ao elaborarem os seus planos estratégicos da PAC. Ao fazer isso, podemos garantir que a PAC esteja alinhada com o Pacto Ecológico Europeu e que apoie os agricultores como impulsionadores da transição verde. Juntamente com o Parlamento Europeu e o Conselho, garantiremos que a reforma da PAC mantenha as ambições ambientais e climáticas necessárias”.

Pode consultar uma série de perguntas e respostas sobre as recomendações aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Já se pode pedir a certificação em Bem-Estar Animal de Suínos da Filporc

Partilhar               A FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores informa que, depois de apresentado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.