Início / Agricultura / Comissão Europeia: perspectivas a curto prazo favoráveis ao sector agrícola da UE

Comissão Europeia: perspectivas a curto prazo favoráveis ao sector agrícola da UE

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Comissão Europeia publicou hoje, 30 de Março, o último relatório de perspectivas a curto prazo para os mercados agrícolas da UE, que considera serem favoráveis, com uma procura global dinâmica e a reabertura dos serviços de restauração (restaurantes, bares, cafés).

Esta publicação periódica apresenta uma panorâmica geral e sectorial das tendências mais recentes e das perspectivas futuras para os mercados agroalimentares. A primeira edição de 2021 conclui que o sector agrícola da UE demonstrou resiliência ao longo da crise da Covid-19. O sector teve um desempenho relativamente bom graças ao aumento das vendas a retalho e do consumo interno.

Além disso, as perspectivas são favoráveis, com uma procura global dinâmica e a reabertura dos serviços de restauração (restaurantes, bares, cafés), quando a campanha de vacinação estiver suficientemente avançada.

Para a Comissão, a recente evolução do comércio reduzirá as incertezas em torno das relações comerciais da UE, beneficiando os sectores agrícolas. Entre esses desenvolvimentos, os Estados Unidos e a UE acordaram em suspender temporariamente os direitos aduaneiros relacionados com os litígios relativos a aeronaves civis no início de Março de 2021.

Além disso, o Acordo de Comércio e Cooperação UE-Reino Unido foi celebrado no final de 2020. Ainda assim, ambas as partes precisarão de tempo para se adaptarem e proporcionarem as condições necessárias para optimizar as trocas comerciais.

Cereais

Refere o relatório que os preços de todos os principais cereais aumentaram, em linha com os preços globais. O consumo global também deve crescer, impulsionado principalmente pela procura por ração animal. A produção de cereais da UE pode chegar a 295,2 milhões de toneladas em 2020/21, um aumento de 5,3% em relação ao ano passado.

Em 2020/21, o azeite da UE poderá chegar perto de 2,1 milhões de toneladas, um aumento de 10% em relação a 2019/20. Após um aumento em 2020, o consumo da UE poderá continuar a crescer em 2020/21 em mais 3%. Graças a este crescimento e expectativas de exportações estáveis, os preços do azeite podem continuar a recuperar.

Quanto ao sector do vinho, a produção na UE deverá permanecer estável em cerca de 158 milhões de hl. O consumo doméstico pode aumentar 2%.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Volume de capturas de pescado em Portugal aumenta 48,4% em Agosto de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Agosto de 2021, aumentou 48,4% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.