Início / Agricultura / Comissão Europeia lança debate sobre novas técnicas genómicas no sector agroalimentar

Comissão Europeia lança debate sobre novas técnicas genómicas no sector agroalimentar

A Comissão Europeia organiza, na próxima segunda-feira, dia 29 de Novembro, um evento de alto nível sobre as novas técnicas genómicas. O evento será aberto pelo vice-presidente executivo responsável pelo Pacto Ecológico Europeu, Frans Timmermans, e pela comissária da Saúde e Segurança dos Alimentos, Stella Kyriakides.

Participarão igualmente os ministros da Agricultura da Eslovénia e da França.

O objectivo do evento é proporcionar um fórum que permita um debate aberto sobre a iniciativa política da Comissão em relação às plantas obtidas por determinadas novas técnicas genómicas. A agenda completa da conferência pode ser consultada aqui e o evento pode ser acompanhado em directo aqui. Está disponível uma documento com perguntas e repostas sobre o estudo das novas técnicas genómicas.

Três painéis discutirão a contribuição de novas técnicas genómicas para a sustentabilidade, avaliação de risco, bem como rastreabilidade/rotulagem de produtos resultantes de novas técnicas genómicas.

A Comissão Europeia segue o progresso contínuo da biotecnologia moderna, para abordar como a UE pode beneficiar da inovação no sector alimentar e agrícola, mantendo ao mesmo tempo elevados padrões de segurança.

Na última década, uma variedade de novas técnicas foi desenvolvida, com base nos avanços da biotecnologia.

Em Novembro de 2019 , o Conselho Europeu solicitou à Comissão que apresentasse um estudo sobre novas técnicas genómicas. O estudo foi publicado em 29 de Abril de 2021 e pode ser consultado aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Azeite Casa Anadia conquista medalha de ouro em Prémio Património Português

Partilhar              O azeite Casa Anadia Tributo – Galega venceu a a medalha de ouro no Concurso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.