Início / Agricultura / Chegámos a 2021: Ano Internacional das Frutas e Vegetais

Chegámos a 2021: Ano Internacional das Frutas e Vegetais

A Assembleia Geral das Nações Unidas declarou 2021 o Ano Internacional das Frutas e Vegetais. A FAO é a agência líder para este evento, em colaboração com outras organizações e órgãos relevantes do sistema das Nações Unidas.

O anúncio foi feito, a 15 de Dezembro, pelo director-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), Qu Dongyu, e tem como objectivo sensibilizar o Mundo para o importante papel das frutas e legumes na nutrição humana, segurança alimentar e saúde.

As frutas e vegetais são boas fontes de fibras alimentares, vitaminas e minerais e fitoquímicos benéficos. A FAO e a Organização Mundial de Saúde recomendam que cada adulto consuma diariamente pelo menos 400 gramas de fruta e legumes para prevenir doenças crónicas, tais como cancro, diabetes, doenças cardíacas e obesidade, bem como para combater deficiências de micronutrientes.

Qu Dongyu descreveu a iniciativa como “uma oportunidade única” para sensibilizar a população a nível mundial para a importância das frutas e legumes na alimentação e referiu também que a Covid-19 forçou as pessoas a encontrarem novas maneiras de combater a fome e a desnutrição. “Na crise de saúde global que enfrentamos, a promoção de dietas saudáveis ​​para fortalecer o nosso sistema imunológico é especialmente apropriada”, disse.

Por sua vez, António Guterres, secretário-geral da ONU, apelou a uma abordagem mais “holística” da nutrição e sustentabilidade, assinalando que a Cimeira dos Sistemas Alimentares do próximo ano seria também uma oportunidade para considerar a fragilidade dos sistemas alimentares.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

PAN defende custo do impacte ambiental na rotulagem dos produtos alimentares

Partilhar              A deputada única do PAN — Pessoas-Animais-Natureza, Inês Sousa Real, defende que “todos os bens destinados …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.