Início / Agricultura / Chega: caça é “um dos instrumentos mais ágeis” para controlar população de javalis

Chega: caça é “um dos instrumentos mais ágeis” para controlar população de javalis

O Grupo Parlamentar do Chega recomenda ao Governo a “realização de um levantamento da população de javalis em Portugal e agilização do ressarcimento dos danos causados pela sua presença”, até ao final do ano de 2023, salientando que, “na agricultura (…) várias são as culturas agrícolas e florestais em que se torna imperioso minimizar os danos anualmente verificados pela descontrolada densidade populacional desta espécie, verificando-se preocupações particularmente acentuadas nas culturas do milho, em sementeiras variadas ou mesmo nas zonas florestais”.

“A caça apresenta-se sem margem para dúvidas, como um dos instrumentos mais ágeis para que se consiga alcançar o controlo cinegético, sanitário e de procriação da espécie”

Pede ainda o Chega ao Executivo que “reúna com todas as entidades representativas do sector agrícola e cinegético, recolhendo os seus testemunhos quanto às maiores preocupações verificadas e sugestões de soluções para as mesmas” e que “elabore (…) um plano de medidas e intervenção conjunta com todas as entidades representativas do sector agrícola e cinegético para proceder à correcção extraordinária da densidade de javalis em território nacional”.

Acrescentam aqueles deputados que “os agricultores e proprietários de áreas agrícolas continuam a manifestar-se preocupados, considerando que também este objectivo não será alcançado enquanto o Governo não proceder a uma revisão das regras de caça, acusando concretamente o Estado de contribuir para que o número destes animais cresça desordenadamente, ao diminuir o número de homens por caçada”.

Caça, a melhor solução

No seu Projecto de Resolução n.º 385/XV/1ª entregue na Assembleia da República, o Grupo Parlamentar do Chega defende que “exercida no escrupuloso cumprimento do equilíbrio com o respeito e valorização cinegética, da fauna e da flora, a caça apresenta-se sem margem para dúvidas, como um dos instrumentos mais ágeis para que se consiga alcançar o controlo cinegético, sanitário e de procriação da espécie, como aliás previsto em legislação específica e que ocorrendo, em muito contribuiria para alterar o cenário” existente.

Assim, dizem aqueles deputados, “considera-se inequívoca a necessidade de intervenção do Estado na resolução destes problemas, devendo proceder-se ao levantamento actualizado da população de javalis em Portugal para que se compreenda a sua evolução e em que circunstâncias nos encontramos hoje, garantir a agilização do ressarcimento dos danos e/ou prejuízos causados a agricultores, condutores e populações em geral”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 23 a 29 Janeiro 2023

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas As cotações médias de novilhas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.