Início / Agenda / Centro Pinus debate o papel da floresta na recuperação económica nacional. Participação gratuita

Centro Pinus debate o papel da floresta na recuperação económica nacional. Participação gratuita

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Centro Pinus — Associação para a Valorização da Floresta de Pinho vai realizar no dia 23 de Novembro a partir das 21 horas, através da plataforma Zoom, o Pinus Webcast com o tema “O Papel da Floresta na Recuperação Económica Nacional”. A participação é gratuita.

Aproveitando o Dia da Floresta Autóctone,  no foco do debate estará “a importância de gerir e cuidar a floresta nacional, também e, especialmente, nesta fase em que a recuperação económica é uma preocupação de todos”.

“A situação actual, decorrente da pandemia, vem reforçar a necessidade de uma efectiva estratégia de diversificação em termos económicos. Numa altura tão crítica, em que a recuperação económica é um dos desígnios nacionais, o Centro Pinus pretende promover a discussão sobre como pode a floresta materializar o seu potencial económico e ser um eixo estratégico para o País”, salienta a organização.

Com esta acção, o Centro Pinus quer transmitir uma visão integrada e holística, complementando a visão económica com diferentes abordagens a nível ambiental e social.

Temas em debate

Assim, irão estar em discussão as seguintes perspectivas: a importância da floresta na recuperação económica; recuperação económica sustentável – o foco na floresta; a recuperação social e emocional – o papel da floresta.

No contexto económico serão discutidas questões como a relevância de diversificar a economia nacional e o potencial da floresta na recuperação económica, nomeadamente, através da produção de bens transaccionáveis e de alto valor acrescentado nacional.

Contar-se-á com a participação de João Ferreira do Amaral, Economista, Professor Catedrático do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa e comentador económico.

Ambiente

Na área ambiental falar-se-á sobre a gestão sustentável dos recursos florestais, do ordenamento do território, do papel das áreas de minifúndio e das oportunidades e falhas do plano de recuperação económica. Este tema será discutido por Francisco Ferreira, presidente da Associação ZERO – Associação do Sistema Terrestre Sustentável, uma Organização Não Governamental e Professor da área do ambiente na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Na abordagem social pretende-se explorar a importância da floresta na coesão social, no fortalecimento das famílias e até, no estado emocional das pessoas enquanto indivíduos.

“Com a pandemia, o espaço da floresta assume um papel de interesse renovado para famílias e indivíduos, quer enquanto nova oportunidade para uma vida em que o trabalho remoto é cada vez mais uma possibilidade e uma necessidade, quer enquanto espaço que permite uma vivência individual e familiar com potencial em termos de redução dos níveis de ansiedade e stress, e por isso de recuperação psicológica e emocional”, frisa a organização.

Isto porque a “construção de uma economia forte exige também indivíduos e famílias que estão bem emocionalmente”. Assim, surge a intervenção da Associação de Escoteiros de Portugal, na presença do Escoteiro Chefe Nacional Adjunto, José Pamplona, com um trabalho destacado de vivência da floresta ao nível do desenvolvimento pessoal.

No Dia da Floresta Autóctone, o Centro Pinus promove assim um encontro que irá celebrar a floresta enquanto recurso que importa cuidar e gerir, pela importância que assume para o País nos mais variados níveis, ambiente, economia, comunidades e também, para famílias e indivíduos.

A participação é gratuita mas de registo obrigatório, aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Associação de Proprietários Rurais contra “intenção de acabar com os cercados de caça maior”

Partilhar            A Associação Nacional de Proprietários Rurais Gestão Cinegética e Biodiversidade (ANPC) está preocupada com algumas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.