Início / Agricultura / Centro de Experimentação Agrária de Tavira abre portas e mostra projectos desenvolvidos

Centro de Experimentação Agrária de Tavira abre portas e mostra projectos desenvolvidos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP Algarve), no próximo dia 20 de Julho a partir das 10 horas, abre as portas do Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) a todos os interessados em conhecer os trabalhos e projectos que ai se desenvolvem.

Estas mostras, que se encontram instaladas no CEAT, são o resultado do trabalho desenvolvido pela DRAP Algarve entre 2011 e 2015, no âmbito de dois projectos apoiados pelo Programa de Desenvolvimento Rural (Proder): o Projecto FRUTALG, intitulado “Prospecção, Recolha, Conservação e Caracterização de Variedades Tradicionais de Fruteiras Algarvias com Interesse para a Agricultura Portuguesa” e o Projecto SULCASTAS, denominado “Prospecção e Caracterização da Variabilidade Genética de Castas de Videiras Autóctones nas Regiões do Alentejo e Algarve”.

Os projectos iniciaram-se em 2011, com a prospecção e recolha de material vegetal de citrinos, alfarrobeiras, amendoeiras, figueiras, nespereiras, romãzeiras e macieiras (Pero de Monchique), com a posterior instalação dessas variedades tradicionais nas colecções, na sua maioria no CEAT.

Segundo o Ponto Focal do Algarve da Rede Rural Nacional, estes materiais vegetais serão numa fase posterior caracterizados, tendo em vista avaliar as suas potencialidades, selecionar as mais interessantes e proporcionar material vegetativo a viveiristas autorizados, para uma futura multiplicação e utilização por parte do setor produtivo, que permitirá também a preservação deste material genético.

Descobrir e preservar diversas castas

Já o SULCASTAS, tinha como principais objectivos, numa primeira fase, descobrir e preservar diversas castas de uva em vias de extinção e plantá-las em colecções de âmbito nacional e regional. Esse trabalho desenvolvido poderá ser visto e explicado ao longo da visita. Numa fase seguinte será feita uma caracterização do material plantado, a sua avaliação, efectuados estudos de microvinificação, podendo o mesmo em caso de interesse ser utilizado na produção.

“Estes dois projectos enquadram-se na salvaguarda da Dieta Mediterrânica, e deverão ser divulgados pelo maior numero de interessados de forma a que possam visitar uma colecção única no Pais”, adianta a mesma fonte.

Os técnicos da DRAP Algarve estarão disponíveis para responder às duvidas técnicas que possam surgir no decurso da visita.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Volume de capturas de pescado em Portugal aumenta 48,4% em Agosto de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Agosto de 2021, aumentou 48,4% …

2 comentários

  1. A notícia acontece em cima da data acontecimento. O CEAT deveria promover o evento com mais antecedência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.