Início / Featured / Centro de Ciências do Mar do Algarve está a contratar um investigador júnior

Centro de Ciências do Mar do Algarve está a contratar um investigador júnior

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), da Universidade do Algarve, tem aberto um concurso de recrutamento e selecção para 1 vaga de investigador júnior (M/F), para cidadãos de qualquer nacionalidade, incluindo apátridas, em regime de contrato de trabalho a termo incerto.

É previsto o contrato iniciar em Outubro de 2020, no Campus de Gambelas da Universidade do Algarve. A remuneração base ilíquida mensal a atribuir é de 2134.73 euros.

Perfil requerido

O investigador júnior tem de ter doutoramento em Ciências Naturais, Ambientais, Biológicas, Ciências Sociais ou de área similar, experiência de investigação na área de alterações climáticas ou áreas relacionadas e conhecimentos específicos dos ecossistemas do ambiente marinho, das actividades da pesca (inclusive no contexto sócio-económico) e dos efeitos do clima na actividade pesqueira.

Por outro lado, deverá ter capacidade de investigação demonstrada através de publicações, relatórios e apresentações em conferências cientificas, carta de condução (categoria B) válida em Portugal e fluência da língua inglesa.

Trabalho a desenvolver

O investigador júnior irá contribuir para o desenvolvimento e execução do projecto Climfish. As tarefas a desempenhar no âmbito do referido projecto incluem: realizar investigação científica na área, publicar e promover o debate em torno do efeito das alterações climáticas nas principais espécies de interesse comercial e nas pescarias associadas, avaliar sócio-economicamente estes impactes e promover medidas e estratégias de adaptação.

Por outro lado, deverá promover encontros e seminários entre a equipa de cientistas, organizações de produtores, indústria, profissionais e gestores da pesca incluindo encontro individuais com os agentes da pesca que contribuam para a gestão e conservação dos recursos pesqueiros num cenário de alterações climáticas.

O investigador júnior contratado vai ainda trabalhar e ajudar a coordenar a equipa multidisciplinar (cientistas do clima, ecologistas, sócio-economistas e oceanógrafos) dentro de um bom ambiente de trabalho e deverá avaliar o efeito das alterações climáticas nas principais espécies comerciais (avaliar a sensitividade, exposição e adaptação baseada nos atributos ecológicos e biológicos de cada espécie) e avaliar o impacte do clima na sócio-economia das pescas e actividades relacionadas (sensitividade, exposição e adaptação do sector das pescas).

Conheça todas as condições desta oferta e candidate-se aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Docapesca abre concurso para sinalização do estado da barra e avisos de temporal em Quarteira

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas abriu um concurso para a sinalização visual do estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.