Início / Agricultura / Celpa desenvolve simuladores de produtividade de eucaliptal com ISA e Faculdade de Ciências

Celpa desenvolve simuladores de produtividade de eucaliptal com ISA e Faculdade de Ciências

O EuSiM, desenvolvido em parceira com o Centro de Estudos Florestais do Instituto Superior de Agronomia (ISA), possibilita a simulação, de uma forma simples e apelativa graficamente, da produtividade do eucaliptal, sob diferentes opções de gestão. Por exemplo, arborização, rearborização ou talhadia, e para diversos cenários de produtividade.

O simulador financeiro, desenvolvido em parceira com o Departamento Informático da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, fornece o fluxo de caixa, o valor actual final líquido em euros e a taxa interna de rendibilidade (%) esperados de um investimento numa acção de arborização ou rearborização com eucalipto, de acordo com várias opções controladas pelo utilizador (taxa de desconto, preço da madeira em pé e intensidade da silvicultura).

Simuladores online

Ambos os simuladores estão disponíveis no site do Projecto Melhor Eucalipto, iniciativa promovida pela CELPA – Associação da Indústria Papeleira com o objectivo de aumentar a produtividade das plantações nacionais de eucalipto, e que está actualmente a completar o seu primeiro ano.

No sítio web do Projecto Melhor Eucalipto, onde poderá acompanhar todas as notícias e consultar as boas práticas de gestão do eucaliptal, estão ainda disponíveis duas outras novidades: uma base de dados geográfica dos prestadores de serviços florestais recomendados pela indústria papeleira e outra com os locais onde se poderão encontrar plantas de eucalipto certificadas.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Xylella fastidiosa em videiras de Castelo Branco e Fundão. DGAV dá 10 dias para destruição imediata das plantas

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foi confirmada a presença da …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.