Início / Agricultura / CATAA vence prémio de melhor apresentação póster no Innovation in Mediterranean Traditional Foods

CATAA vence prémio de melhor apresentação póster no Innovation in Mediterranean Traditional Foods

A CATAA – Associação do Centro de Apoio Tecnológico Agro Alimentar de Castelo Branco participou nos passados dias 13 e 14 de Outubro de 2022 na Conferência Innovation in Mediterranean Traditional Foods: novel products and processes. a iniciativa organizada pelo More — Laboratório Colaborativo Montanhas de Investigação, teve como objectivo discutir a inovação nos Alimentos Tradicionais Mediterrânicos através da introdução de novos produtos e processos mantendo a sua identidade.

A participação do CATAA no Innovation in Mediterranean Traditional Foods: novel products and processes resulta na vitória do prémio de melhor apresentação Póster.

A conferência potenciada pelo More — Laboratório Colaborativo Montanhas de Investigação, que pretendia discutir a inovação nos Alimentos Tradicionais Mediterrânicos através da introdução de novos produtos e processos mantendo a sua identidade, decorreu nas instalações do IPB — Instituto politécnico de Bragança. Esta reúne investigadores, profissionais da indústria e consumidores para compartilhar ideias inovadoras neste campo e apresentar resultados das suas pesquisas/trabalhos nesta área.

O CATAA esteve representado pelo investigador Mário Cristóvão com o trabalho Crispy orange: A multi-purpose ready-to-eat snack elaborado em co-autoria por investigadores do CATAA, do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra e da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

Lascas de laranja crocante

Este trabalho resultou do desenvolvimento de lascas de laranja crocante, produzidos a partir de polpa de laranja. “Este produto inovador, que valoriza a laranja posiciona-se como uma possível solução para o problema que assolou o Sul do País neste Verão, com os produtores a desistir da sua produção devido à falta de escoamento, consequência das alterações de dinâmicas dos mercados causadas pela guerra na Ucrânia”, refere a CATAA  em nota de imprensa.

A participação do CATAA no Innovation in Mediterranean Traditional Foods decorreu no âmbito do projecto Cultivar, financiado pelo Centro 2020, pelo Portugal 2020 e União Europeia através do FEDER.

O Programa Integrado de IC&DT Cultivar pretende responder aos desafios que as fileiras do sector Agroalimentar da Região Centro enfrentam e do projecto FUSILLI do Horizonte 2020 – Programa-Quadro Comunitário de Investigação & Inovação da Comissão Europeia, sob Acordo No.101000717 com 12 Living Labs em 12 cidades Europeias diferentes, cujo principal objectivo é desenvolver planos alimentares urbanos dentro de seus contextos locais para alcançar uma transição holística integrada e segura para sistemas alimentares saudáveis, sustentáveis, seguros, inclusivos e económicos.

CATAA

O CATAA – Centro de Apoio Tecnológico Agro Alimentar assume-se como um centro de excelência, a nível nacional e transfronteiriço, no apoio tecnológico ao sector agroalimentar, na promoção da investigação e no desenvolvimento e inovação em áreas de intervenção alinhadas com as prioridades das empresas.

Nas suas instalações apresenta três unidades laboratoriais (físico-química, microbiologia e análise sensorial) e quatro unidades piloto (UP) (lácteos, cárneos, azeites e hortofrutícolas), nas quais analisa géneros alimentícios através de mais de 700 parâmetros analíticos, desenvolve novos produtos agroalimentares e realiza provas de avaliação sensorial de produtos com painel de consumidores.

Esta infra-estrutura visa responder aos desafios das seguintes fileiras: leite e lacticínios, azeite, hortofrutícolas, carnes, cereais, mel e vinho.

Saiba mais aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Mercadona baixa preços ao consumidor. Pão, massa e azeite incluídos

Partilhar              A Mercadona, empresa de supermercados de origem espanhola, realizou uma nova redução de preços no …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.