Início / Pecuária / Aves e Ovos (página 6)

Aves e Ovos

Novos focos de Gripe Aviária detectados em Benavente e Aveiro

A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foi detectado mais um foco da Gripe Aviária de Alta Patogenicidade (GAAP) em aves de capoeira numa exploração comercial de patos de engorda localizada na freguesia de Santo Estevão, concelho de Benavente, distrito de Santarém. Identificou-se ainda uma ave selvagem …

Ler mais »

Vetlima recomenda Aldecoc CMK para instalações pecuárias e veículos de transporte de animais

A Vetlima — Sociedade Distribuidora de Produtos Agro-Pecuários recomenda a aplicação do biocida Aldecoc CMK para diminuir a transmissão de agentes patogénicos da zona de estábulo para o animal através da eliminação dos ovos de nemátodes (ascarídeos) “de forma eficaz”, bem como oocistos de Eimeria (coccídeas), no ambiente que rodeia o …

Ler mais »

Novo foco de Gripe Aviária numa exploração de patos de engorda em Benavente

A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que, no dia 1 de Setembro, foi confirmado novo foco de infecção por vírus da Gripe Aviária numa exploração comercial de patos de engorda, na freguesia de Santo Estevão, concelho de Benavente, distrito de Santarém. Recorde-se que Portugal recuperou o estatuto de …

Ler mais »

Quantas galinhas poedeiras tem? Declaração obrigatória de existências até 30 de Setembro

A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que no mês de Setembro decorre mais um período obrigatório de Declarações de Existências de Galinhas Poedeiras, conforme o seu Aviso de 12 de Agosto de 2022. “Todos os detentores de galinhas poedeiras ficam obrigados a declarar os efectivos que possuíam à …

Ler mais »

Gado abatido em Junho de 2022 atinge as 37.423 toneladas. Queda de 0,7%

O peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em Junho de 2022 foi de 37.423 toneladas, o que correspondeu a um decréscimo de 0,7% (+1,7% em Maio), devido ao menor volume de abate registado nos suínos (-0,8%), ovinos (-11,4%) e equídeos (-60,0%). Pelo contrário, refere o Boletim …

Ler mais »