Início / Agenda / Casa Relvas: “CNEMA terá melhores condições logísticas para um certame de grandes dimensões” como a AgroGlobal

Casa Relvas: “CNEMA terá melhores condições logísticas para um certame de grandes dimensões” como a AgroGlobal

“O CNEMA terá melhores condições logísticas para um certame de grandes dimensões. Esta mudança em tudo sublinha o espírito que tem presidido a AgroGlobal desde o início, que é a colaboração entre todo o sector”. Quem o diz é Henrique Herculano, responsável pela produção de azeite da Casa Relvas.

A AgroGlobal 2023, a maior feira agrícola ibérica dedicada aos profissionais, que se realiza de 5 a 7 de Setembro. O novo ponto de encontro será no CNEMA — Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém.

“A AgroGlobal tem vindo a afirmar-se e esta mudança constitui e reforça precisamente esse caminho como uma feira construída pelo sector, alavancada unicamente pelo sector do agronegócio, do sector agrícola e agroindustrial e que no fundo concretiza a dimensão económica e empresarial no sector”, refere Henrique Herculano em entrevista à organização do certame.

E acrescenta que “acaba por ser também um reflexo da importância que este sector tem na economia nacional e reafirma também a necessidade que o sector tem de uma feira como a AgroGlobal (…) As instalações do CNEMA são perfeitamente dotadas do ponto de vista logístico para este tipo de certames”.

Casa Relvas

A Casa Relvas nasceu da vontade de dar continuidade à história de uma família ligada à terra ao longo de cinco gerações, em dois continentes. Este projecto familiar foi iniciado em 1997 em São Miguel de Machede, em Redondo, por Alexandre Relvas, que viu na Herdade de São Miguel os horizontes vastos das suas raízes em África.

Em 2016 iniciou a plantação de olival, recuperando algumas variedades autóctones, em busca do equilíbrio entre tradição e modernidade para produzir azeites de qualidade. Hoje possuí 300ha de olival nas Herdades, no Redondo e na Vidigueira, distribuídos da seguinte forma:

  • Olival tradicional
    5 ha na Herdade de São Miguel, Redondo Variedades: Galega e Cobrançosa
  • Olival em copa
    30 ha em Alcaria da Serra, Vidigueira Variedades: Frantoio
  • Olival em sebe
    146 ha em Alcaria da Serra, Vidigueira Variedades: Arbequina e Arbosana118 ha nas Terras Frias, Pedrogão do Alentejo Variedades: Arbosana, Sikitita e Oliana

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Agrogaia promove visita a quintas de agricultura biológica. Participação gratuita com transporte assegurado

Partilhar              O projecto Agrogaia realiza a primeira visita a duas quintas biológicas — Quinta do Ameal …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.