Início / Empresas / Cargolândia estabelece parcerias no México, Peru e Chile

Cargolândia estabelece parcerias no México, Peru e Chile

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Cargolândia acaba de estabelecer novas parcerias no México, Peru e Chile, no seguimento das iniciativas levadas a cabo pela AICEP –  Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal para o desenvolvimento das trocas comerciais entre Portugal e os países da América Latina.

Esta relação comercial tem como objectivo colocar a Cargolândia ao serviço dos exportadores e importadores portugueses, não só para o transporte das suas mercadorias, sejam elas para exportação ou importação, como também para uma ajuda na procura de novos mercados.

De referir ainda que poderão existir limitações à entrada de alguns produtos naqueles mercados, sendo fundamental realizar uma análise e um diálogo prévios com os correspondentes da Cargolândia em cada país.

Para mais informações contactar:
Isabel Vidinha: isabelvidinha@cargolandia.pt
Pedro Ferreira: pedroferreira@cargolandia.pt

A Cargolândia foi constituída em 1996, ambicionando fornecer serviços de elevada qualidade como transitário em geral e especializado nas grupagens de qualquer origem para qualquer destino, qual seja o meio de transporte. O objectivo da empresa é o fornecimento de serviços de “qualidade e de idoneidade como transitário especializado em cargas marítimas, cargas completas de grupagem de qualquer origem e para qualquer destino, estendendo também a nossa oferta de serviços para a via terrestre e aérea, mediante as necessidades dos nossos clientes e rede dos nossos agentes internacionais”, diz fonte institucional da Cargolândia.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Azeite – Informação Semanal – 31 Maio a 6 Junho 2021

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas O Instituto Nacional de Estatística (INE) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.