Início / Agricultura / Capoulas anuncia criação de equipa para monitorizar evolução da situação de seca

Capoulas anuncia criação de equipa para monitorizar evolução da situação de seca

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, afirmou que o Governo vai criar uma equipa para monitorizar a evolução da situação de seca em Portugal.

“O Governo está naturalmente atento. A muito curto prazo será formalmente constituída uma equipa inter-ministerial para não só acompanhar a evolução da situação como para equacionar as medidas que as circunstâncias determinarem”, referiu, na sessão de abertura da Ovibeja, em Beja.

O ministro disse que o sector agrícola está a passar por um bom momento mas realçou que se vive num período “de grande apreensão face aos sinais que se avolumam de uma seca”.

“Vamos no terceiro ano de precipitação abaixo do que é normal e todos conhecemos as terríveis consequências destes períodos que, sabemos, são cíclicos no Alentejo, mas tomamos a consciência quando nos batem à porta”, acrescentou.

Capoulas Santos destacou a existência da barragem do Alqueva para atenuar os problemas em relação ao que existia em iguais períodos de seca no passado no Alentejo.

Abertura de 28 novos mercados para exportações

O ministro da Agricultura realçou ainda que o “Governo abriu 28 novos mercados para 83 diferentes produtos agrícolas e pecuários”, acrescentando que está “em negociação a abertura de outros 55 novos mercados para 199 produtos”.

Luís Capoulas Santos referiu que as exportações agrícolas portuguesas “voltaram a bater um novo recorde” nos meses de Janeiro e Fevereiro de 2017 (15,7%) e assumiu o objectivo do Governo de equilibrar a balança agro-alimentar portuguesa até 2020.

É “um exercício difícil, já que, com a elevação do poder de compra dos cidadãos, um outro objectivo do Governo, também tendem a subir as importações, o que obriga a um esforço acrescido de aumento das produções para substituir importações e alavancar ainda mais as exportações”, explicou Capoulas Santos.

“É necessário prosseguir o ritmo crescente das exportações, porque também elas substituem importações mas, quando se eleva o poder de compra dos cidadãos, tendem a disparar as importações e torna-se ainda mais exigente o esforço de crescer nas exportações para anular esta diferença”, acrescentou o governante.

O ministro afirmou que “os agricultores portugueses finalmente conseguiram ultrapassar aquele aparente trauma de ultrapassar as fronteiras e é cada vez mais importante e diferenciador o número de produtos que exportamos e são cada vez mais conhecidos pela sua qualidade”.

“Só uma agricultura competitiva pode penetrar nos exigentes mercados internacionais”, frisou, acrescentando que há produtos portugueses que já conquistaram espaços nos mercados comunitário e extra-comunitário.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 26 Julho a 1 Agosto 2021

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas A cotação mais frequente de novilha, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.