Início / Agricultura / Capoulas: agricultura familiar e jovens empresários têm acesso privilegiado às terras do Estado

Capoulas: agricultura familiar e jovens empresários têm acesso privilegiado às terras do Estado

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, anunciou hoje, 5 de Junho, na Assembleia da República que a agricultura familiar e os jovens empresários rurais vão ter acesso privilegiado a terras do Estado, além de linhas de crédito e concursos específicos.

Vamos ter lotes de terreno do Estado para a agricultura familiar”, anunciou Capoulas Santos, numa audição parlamentar requerida pelo PCP sobre o estatuto da agricultura familiar, depois de ter enumerado concursos nos quais vão ser privilegiados apoios para quem tem aquele estatuto.

Em declarações à Lusa, no final do encontro, o ministro precisou que a preferência de jovens empresários rurais e agricultores familiares em concursos para as terras do Estado vai ter lugar “até 15 de Julho”.

10 milhões de euros no âmbito dos grupos de acção local

O ministro da Agricultura disse ainda “estarem disponíveis” 110 milhões de euros no âmbito dos grupos de acção local para abertura de concursos, vocacionados para o desenvolvimento rural, que deverão também privilegiar a agricultura familiar, e anunciou 300 mil euros para abrir concursos para estudar a agricultura familiar, no âmbito da rede rural.

“Está em preparação uma linha de crédito para apoiar a agricultura familiar, que deverá ser lançada em Setembro”, disse Capoulas Santos, anunciando de seguida a intenção de dar a estes agricultores “acesso privilegiado às terras do Estado” e apoios para a sua formação.

“O Ministério da Agricultura considera de grande relevância este estatuto”, da agricultura familiar e de jovem empresário rural, afirmou o governante, defendendo que a oferta de ementas escolares “deve respeitar os critérios de prioridade” sazonal e de proximidade, favorável a muitos agricultores familiares.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Alérgico ao pólen? Consulte a plataforma Pólen Alert criada pela Universidade de Évora e saiba onde há maior concentração

Partilhar            Investigadores do Grupo de Ciências da Atmosfera, Água e Clima do Instituto de Ciências da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.