Início / Featured / Capitania do Porto de Cascais activa dispositivo de combate à poluição do mar

Capitania do Porto de Cascais activa dispositivo de combate à poluição do mar

O Capitão do Porto de Cascais activou o dispositivo de prontidão para o combate à poluição do mar, integrando meios da Capitania, do Departamento Marítimo do Centro e da Direcção de Combate à Poluição do Mar. A medida surge na sequência da “significativa quantidade de resíduos oleosos e destroços resultantes do incêndio que atingiu quatro embarcações na marina de Cascais, no passado dia 19 de Novembro.

“Após a extinção do incêndio, e atendendo à quantidade de resíduos oleosos e destroços presentes na água no interior da Marina, foi necessário proceder à sua contenção e remoção”, refere uma nota de imprensa da Autoridade Marítima Nacional.

Como resposta ao incidente, “foram de imediato activados os elementos da Capitania do Porto de Cascais, apoiados, numa primeira fase, por diversos voluntários locais, elementos da Marina e da Brigada de Intervenção Rápida de Combate à Poluição (BIRPOL), pertencente ao Departamento Marítimo do Centro”.

Face à quantidade e natureza desta poluição, foi igualmente empenhada uma equipa e meios da Direcção de Combate à Poluição no Mar, pertencente à Direcção-Geral da Autoridade Marítima Nacional.

Colocadas barreiras absorventes

Acrescenta a mesma nota de imprensa que, no local, foram colocadas barreiras absorventes para conter a mancha de poluição e os destroços, manta absorvente para os resíduos oleosos, e diversos equipamentos específicos para a contenção e recolha de hidrocarbonetos, tendo sido recolhidos cerca de 800 litros de óleo e mais de uma tonelada de destroços.

Após concluídos os trabalhos de limpeza da área, como medida de prevenção, foi estabelecido um período de monitorização da área afectada, tendo terminado no dia de ontem por não se terem verificado novas manchas de poluição.

Estão em curso as operações para a remoção das embarcações sinistradas da marina de Cascais, as quais decorrem sob a supervisão da Polícia Marítima e da Polícia Judiciária, para conclusão das perícias policiais.

O Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Cascais está a coordenar as operações.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Açores: FundoPesca deve pagar Segurança Social pela compensação salarial aos pescadores

Partilhar              Um aumento de cerca de 100 euros aos beneficiários do FundoPesca, uma majoração ao valor …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.