Início / Agenda / Caparica Primavera Surf Fest 2017 chega a 6 de Abril

Caparica Primavera Surf Fest 2017 chega a 6 de Abril

As praias do Paraíso e do Dragão Vermelho, na Costa da Caparica, recebem de 6 a 15 de Abril, em plenas férias escolares da Páscoa, a 3.ª edição do Caparica Primavera Surf Fest (CPSF). São dez dias com muitas ondas, manobras radicais e demonstrações de skate dos melhores atletas nacionais, europeus e mundiais.

Mil atletas, 18 campeonatos e exibições, entre provas nacionais e internacionais, seis dias de concertos e 24 artistas e DJ`s compõem o cartaz desportivo e musical do Caparica Primavera Surf Fest 2017.

As melhores ondas

As praias do Paraíso e do Dragão Vermelho vão ser palco, entre outras competições, dos Campeonatos World Surf League Caparica Pro QS/1,000 e Pro Junior JQS 1,000 (10 a 15 de Abril), Nacional de Esperanças de Surf (7 e 8 de Abril), Campeonato WSL Caparica Longboard PRO LQS/1,000 (10 a 15 de abril), Campeonato Nacional de Longboard (9 de Abril), Campeonato Nacional de Bodyboard (8 e 9 de Abril) ou do Encontro Nacional de Desporto Escolar – Surf (6 e 7 de Abril).

Música para todos os gostos

Aos desportos de onda e do skate junta-se, nos dias 6, 7, 8, 13, 14 e 15 de Abril, a boa música, do rock à world music, da alternativa ao hip hop e rap e à canção. O cartaz inclui 24 artistas e DJ`s, entre os quais, Diogo Piçarra, Paus, Frankie Chavez, Trevo, DJ Zé Pedro, Regula, Sara Tavares.

Caparica Primavera Surf Fest 2017

A 3.ª edição do Caparica Primavera Surf Fest (CPSF) foi apresentada, em conferência de imprensa realizada na manhã de 26 de Janeiro, na Costa da Caparica.

Na ocasião, António Miguel Guimarães, director artístico do evento, realçou que o “CPSF é o primeiro festival do País que junta um conjunto de modalidades de desportos de onda e radicais com a música”.

Por sua vez, Miguel Inácio, director desportivo do CPSF, anunciou as provas e exibições que vão realizar-se nas praias da Costa da Caparica, enaltecendo “o grande número de atletas presentes” e “o regresso das provas mundiais à Costa”.

Para António Matos, vereador da Câmara Municipal de Almada (CMA), esta “é uma iniciativa do Poder Público Local que serve de alavanca ao desenvolvimento turístico da Costa da Caparica”. Já Joaquim Judas, presidente da CMA, afirmou que o CPSF, entre muitas outras iniciativas, ajuda a que “Almada se afirme pela diferença e pela qualidade, sendo um concelho cultural e desportivo, mas também onde a liberdade é um elemento essencial à nossa vivência e convivência”.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Vamos deixar de consumir tubarão?

Partilhar              Artigo de opinião de Ana Henriques, Técnica de Oceanos e Pescas da ANP|WWF Enquanto lê …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.