Início / Agricultura / CAP prepara assinatura de protocolo com EDP para instalação de painéis fotovoltaicos. Agricultor vai pagar electricidade 30% a 40% mais barata

CAP prepara assinatura de protocolo com EDP para instalação de painéis fotovoltaicos. Agricultor vai pagar electricidade 30% a 40% mais barata

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A CAP —Confederação dos Agricultores de Portugal prepara-se para assinar um protocolo com a EDP para instalação de painéis fotovoltaicos nas explorações agrícolas visando a produção de energia eléctrica para autoconsumo e venda à rede. “O agricultor vai pagar uma electricidade 30% a 40% mais barata do que actualmente”.

A novidade foi dada pelo presidente da Confederação, Eduardo Oliveira e Sousa, numa conferência organizada a 7 de Setembro, na feira AgroGlobal, em Valada do Ribatejo, pela Fenareg — Federação Nacional de Regantes e Portugal e pelo COTR- Centro de Competências para o Regadio Nacional.

“Este acordo permitirá aos agricultores constituírem-se como unidades produtoras de energia eléctrica a partir de parques solares, com base em financiamento a 100% pela EDP, ou em alternativa pode ser a EDP a financiar-se na construção dos parques solares explorando esses parques, com a garantia de que o agricultor vai pagar uma electricidade 30% a 40% mais barata do que actualmente”, explicou o presidente da CAP, que pretende captar ajudas do Plano de Recuperação e Resiliência e do novo Quadro Plurianual de Apoio para operacionalizar a criação destes parques solares agrícolas.

Eduardo Oliveira e Sousa, ao centro

Na mesma conferência, Eduardo Oliveira e Sousa denunciou que “a energia representa dois terços do custo total do regadio em Portugal e, com a actual escalada dos preços dos combustíveis e uma das facturas de electricidade mais caras da Europa, muitas explorações agrícolas correm o risco de encerrar o ano com resultados nulos ou negativos”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Petição contra a alteração da idade para assistir ou participar em touradas está a chegar aos 18 mil subscritores

Partilhar              O Conselho de Ministros aprovou no dia 14 de Outubro o decreto-lei que altera a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.