Início / Agenda / Candidaturas à 2ª Edição do programa cropUP terminam a 15 de Maio

Candidaturas à 2ª Edição do programa cropUP terminam a 15 de Maio

A 2ª Edição do programa cropUP tem candidaturas abertas até 15 de Maio de 2017.  Este programa é dirigido a empreendedores e startups de todo o Mundo.

O CropUP, promovido pela Inovisa – Inovação no Sector Agrícola, Alimentar e Florestal é um programa onde empreendedores e startups que desenvolvem produtos e serviços inovadores para o sector agro-alimentar ou florestal terão a oportunidade de fazer parte de uma comunidade de startups ligada a um ecossistema de inovação agro-alimentar e florestal.

Com o programa cropUP, a Inovisa irá apoiar empreendedores a validar o seu modelo de negócio inovador orientado para o sector agro-alimentar ou florestal, a terem acesso exclusivo aos centros de I&D e à indústria agro-alimentar e florestal, a entrarem em contacto com investidores que procuram inovação agro-alimentar e florestal, e a internacionalizarem a sua startup.

Para além destes serviços especializados, empreendedores e startups terão a possibilidade de aceder a espaços de incubação, coworking e a espaços partilhados na sede da Inovisa localizada no coração de Lisboa.

Para mais informação contacte a Inovisa através do email boost@inovisa.pt.

Projecto do ISA

A Inovisa foi criada em 2005, pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA – ULisboa), com intuito de apoiar os seus docentes, investigadores e alunos a criarem o seu projecto empresarial.

A Inovisa, em todas as áreas em que actua quer “liderar a promoção da inovação e a excelência no sector agrícola, alimentar e florestal a toda a comunidade dos países de língua portuguesa”.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Ravasqueira Grande Reserva 2014. Espumante do Alentejo já está no mercado

Partilhar              “Paciência de ourives” é a expressão que traduz o empenho na construção do Espumante Ravasqueira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.