Início / Agricultura / Campanha de Natal do “Portugal Sou Eu” volta a valorizar produtos e serviços nacionais

Campanha de Natal do “Portugal Sou Eu” volta a valorizar produtos e serviços nacionais

O “Portugal Sou Eu” lançou, no dia 1 de Dezembro, a campanha de Natal, que se prolonga até dia 24, para estimular a consciência dos portugueses, no sentido de que Portugal precisa de todos. O argumento deste ano volta a ser a “cumplicidade”: a certeza de que nada nem ninguém vale sozinho, de que quando nos juntamos e confiamos uns nos outros vamos todos mais longe.

Para o “Portugal Sou Eu”, o objectivo da campanha passa por aumentar a notoriedade espontânea da marca, potenciar as vantagens do consumo do que é nacional e reforçar a percepção do valor dos produtos e serviços nacionais.

Em termos criativos, a campanha apela “ao sentimento de pertença, identidade e unidade. E é nesse equilíbrio, nessa cumplicidade e nessa união que Portugal assenta a sua força e tem um trunfo para crescer”.

A campanha, desenvolvida pela agência de publicidade Brand New Media, está presente na televisão, rádio, imprensa, digital e publicidade exterior e tem a assinatura: “O que seria de Portugal sem ti?”.

“Portugal Sou Eu”

O programa “Portugal Sou Eu” foi lançado em Dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal para dinamizar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

Dirigido ao sector primário, indústria, serviços, artesanato, comércio a retalho e por grosso, restauração e alojamento com restauração, o “Portugal Sou Eu” sinaliza, através da atribuição do selo, os produtos e serviços que geram valor em Portugal.

São várias as figuras públicas — que aceitaram o convite do Ministério da Economia para serem Embaixadoras do “Portugal Sou Eu” — que contribuem com o seu testemunho para divulgar o programa: Carlos Coelho, Carolina Piteira, Cláudia Vieira, Cristina Ferreira, Cuca Roseta, D.A.M.A, Fátima Lopes, Fernanda Freitas, Fernando Gomes, Filipa Gomes, Gonçalo Gago da Câmara, Henrique Sá Pessoa, Inês Castel Branco, José Luís Peixoto, Júlio Isidro, Júlio Magalhães, Justa Nobre, Luís Buchinho, Luís Onofre, Nelson Évora, Rosa Mota e Vítor Sobral.

O programa, co-financiado pelo Compete 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, é gerido por um Órgão de Gestão formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Surfistas Martim Nunes e Maria Salgado vencem Projunior Aveiro

Partilhar              Martim Nunes e Maria Salgado conquistaram, este sábado, 13 de Julho, o triunfo no Projunior …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.