Início / Agricultura / Câmaras podem entregar planos de ordenamento até 2020

Câmaras podem entregar planos de ordenamento até 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Governo aprovou ontem, 13 de Abril, em Conselho de Ministros, a alteração da Lei de Bases da Política Pública de Solos, de Ordenamento do Território e de Urbanismo, prolongando até 2020 o prazo para os planos municipais e inter-municipais consagrarem as normas dos planos especiais de ordenamento especiais.

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, esta transposição visa “garantir a protecção dos recursos e valores que os planos especiais prosseguem quando deixarem de vincular directamente os particulares. Estando em causa uma tarefa de significativa complexidade, envolvendo custos técnicos e financeiros expressivos, propõe-se alargar o prazo inicial para transpor estas normas (três anos) de forma a evitar que seja posta em causa a estabilidade mínima desejável ao exercício da planificação e evitar a suspensão das normas dos planos municipais, a rejeição de candidaturas de projectos a financiamento público, nacional ou europeu, ou a não celebração de contratos-programa”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Isabel Carvalhais: “Estratégia para o sector agrícola e agroalimentar exige relevância e meios reforçados”

Partilhar            A Comissão Europeia apresenta amanhã, 27 de Maio, a revisão de propostas para o Quadro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.