Início / Agricultura / Cafés Novell lança cápsulas biodegradáveis aptas para compostagem

Cafés Novell lança cápsulas biodegradáveis aptas para compostagem

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Adora café e preocupa-se com o ambiente? Se passar por Espanha já pode comprar cápsulas de café biodegradáveis e aptas para a compostagem. Foram lançadas esta semana pela espanhola Cafés Novell e são compatíveis com as máquinas da Nespresso, a marca mais vendida no Mundo. As novas cápsulas vão poder ser compradas a 33 cêntimos cada, nas variedades “intenso” ou “descafeinado”.

Se não tem equipamento de compostagem, a Cafés Novell garante que as cápsulas podem colocadas no lixo junto com os restos alimentares, que se vão degradar na mesma, em apenas 12 semanas. O desenvolvimento deste novo produto teve um investimento de cerca de 1 milhão de euros. A empresa garante que o café utilizado é “ecológico e de consumo responsável”.

500 mil cápsulas por mês

A empresa, com sede em Barcelona, líder em Espanha no sector de cafés e infusões para hotelaria anunciou ainda que a entrada no mercado doméstico. Para isso está a negociar com 300 pontos de venta e a fazer acordos com supermercados e outros estabelecimentos. O objectivo é vender 500 mil cápsulas por mês.

Com uma facturação anual de 25 milhões de euros, a Cafés Novell, dos irmãos Dolors, Ramon e Josep Novell, emprega 200 trabalhadores, tem oito delegações em Espanha e presença em 16 países. Depois do crescimento de 13% no volume de negócios em 2016, a companhia prevê um crescimento de 12% para 2017.

Segundo a empresa catalã, 95% das cápsulas de café são fabricadas com plástico e alumínio. Em Espanha apenas se reciclam 20% dessas cápsulas.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Câmara Municipal dinamiza esplanadas do concelho de Torres Vedras

Partilhar            A Câmara Municipal de Torres Vedras pretende incentivar a criação de novas esplanadas e alargar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.