Início / Empresas / Britânicos pagam 5,6 milhões e recuperam terrenos da Docapesca em Vila Real de Santo António

Britânicos pagam 5,6 milhões e recuperam terrenos da Docapesca em Vila Real de Santo António

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Docapesca anunciou hoje, 6 de Dezembro, a intenção de concessionar pelo prazo de 75 anos um terreno equivalente a mais de seis campos de futebol na margem do rio Guadiana, em Vila Real de Santo António, na sequência da manifestação de interesse de um grupo britânico que ali pretende construir um complexo hoteleiro.

Segundo um comunicado do Ministério do Mar, o Mount Pleasant Investments Limited, registado em Londres, pretende construir nomeadamente um complexo hoteleiro de luxo com 300 unidades, zonas de lazer, uma clínica especializada no tratamento de lesões desportivas, um parque público arborizado, comprometendo-se ainda em recuperar e requalificar as zonas envolventes, incluindo o antigo apeadeiro da REFER, a zona adjacente ao terminal de ferryboats e a avenida marginal.

Pela concessão do espaço, com 60.900 metros quadrados e situado entre a doca de recreio a Sul, a doca de pesca a norte e Av. da Republica a Oeste, o grupo britânico propõe-se pagar inicialmente 5,6 milhões de euros, acrescidos de uma renda variável composta por 0,2% do volume de negócios e 2% dos montantes que vier a cobrar a terceiros e ainda uma renda fixa anual de 60 mil euros, acrescenta a mesma nota.

A concessão, a primeira de um conjunto de parcelas do domínio público já identificadas pelo Ministério do Mar e distribuídas um pouco por toda a zona costeira de Portugal, é válida pelo período de 75 anos, de acordo com o Edital hoje tornado público, seguindo este processo os trâmites previstos na lei.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Associação de Bebidas Espirituosas defende fim da proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h00

Partilhar            A Anebe – Associação Nacional de Empresas de Bebidas Espirituosas diz continuar “empenhada em contribuir …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.