Início / Featured / Bordado da Madeira pela primeira vez no Maison et Objet Americas

Bordado da Madeira pela primeira vez no Maison et Objet Americas

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Regional de Agricultura e Pescas madeirense, através do Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, promove pela primeira vez o Bordado Madeira na feira internacional Maison et Objet Americas, em parceria com duas empresas do sector.

Esta edição da feira, que decorre até 13 de Maio, no Miami Beach Convention Center, é uma das mais prestigiadas feiras a nível internacional, sendo considerada uma referência para os profissionais da área da decoração e lifestyle. Aqui reúnem-se não só decoradores de todo o continente americano, como também designers, empresas de mobiliário, sector têxtil e demais artigos para a casa.

O espaço dedicado ao Bordado Madeira, decorado pela conceituada designer de interiores Nini Andrade Silva, conta com cerca de 30m2, e conta com a participação das empresas João Eduardo de Sousa e Soebol – Sociedade Exportadora de Bordados.

“Importa referir que a presença na feira tem o objectivo promover e divulgar o Bordado Madeira no importante mercado norte-americano, que ocupa o primeiro lugar na tabela de exportação do Bordado Madeira”, diz a Secretaria Regional de Agricultura e Pescas em comunicado. E acrescenta que “a participação neste evento tem sido muito positiva tendo o stand do Bordado Madeira sido muito procurado e criado grande interesse entre o trade”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Já conhece o Portal Único da Agricultura? Centralizados todos os organismos de apoio ao agricultor

Partilhar              O Portal Único da Agricultura era uma promessa da ministra Maria do Céu Antunes, com a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.