Início / Agricultura / Bolsa de Terras disponibilizou 17.112 hectares até Julho de 2017

Bolsa de Terras disponibilizou 17.112 hectares até Julho de 2017

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O dados de execução referentes ao período entre 1 de Janeiro e 31 de Julho relativamente aos prédios rústicos disponibilizados e cedidos pela Bolsa Nacional de Terras traduzem uma evolução regular na utilização por parte das entidades privadas e do sector empresarial do Estado. Entre Janeiro e Julho foram disponibilizados 41 prédios rústicos a que corresponde a área de 199 hectares e cedidos 50 prédios rústicos totalizando 1.194 ha.

Os valores acumulados até 31 de Julho totalizam a disponibilização de 735 prédios/parcelas totalizando a área de 17.112 ha dos quais foram cedidos 216 prédios/parcelas a que corresponde a área de 6.325 ha.

Pode consultar o ponto de situação referentes aos meses de Julho de 2017 aqui.

Relembre-se que, desde Dezembro do ano passado, a Bolsa Nacional de Terras, recorrendo a uma nova ferramenta, disponibiliza uma nova funcionalidade que visa facilitar a consulta das terras disponíveis para arrendamento e venda, a qual vem complementar os meios de consulta já existentes na plataforma informática. A consulta está agora disponível no Google Maps.

Para aceder às terras disponíveis pode clicar aqui.

Facilitar o acesso à terra

A Bolsa Nacional de Terras é um instrumento criado em 2012 que tem como objectivo facilitar o acesso à terra através da disponibilização de terras, designadamente quando as mesmas não sejam utilizadas, e, bem assim, através de uma melhor identificação e promoção da sua oferta.

A bolsa de terras disponibiliza para arrendamento, venda ou para outros tipos de cedência as terras com aptidão agrícola, florestal e silvopastoril do domínio privado do Estado, das autarquias locais e de quaisquer outras entidades públicas, ou pertencentes a entidades privadas. A bolsa de terras disponibiliza ainda terrenos baldios, nos termos previstos na Lei dos Baldios.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Centro Pinus quer conhecer as práticas de fertilização em pinheiro-bravo. Já respondeu ao questionário ?

Partilhar            O Centro Pinus — Associação para a Valorização da Floresta de Pinho quer conhecer melhor as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.