Início / Mar / Ambiente / Bolieiro reitera que “Açores estão à frente na implementação de áreas marinhas protegidas”

Bolieiro reitera que “Açores estão à frente na implementação de áreas marinhas protegidas”

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, reiterou na quinta-feira, 21 de Julho, que “a região está à frente na implementação de áreas marinhas protegidas”, por via da implementação do programa Blue Azores.

“Queremos antecipar para 2023” a meta de 30% das áreas marinhas protegidas nos Açores, realçou José Manuel Bolieiro, falando nas Velas, em São Jorge, no segundo dia de visita estatutária do Governo Regional à ilha.

O governante falava após se ter reunido com Ted Waitt, presidente da Instituto Waitt, um dos parceiros do projecto.

O programa Blue Azores nasceu de uma parceria entre o Governo Regional dos Açores, o Instituto Waitt e a Fundação Oceano Azul em torno de uma visão comum: proteger, promover e valorizar o capital natural marinho dos Açores, com a ambição de garantir um oceano saudável como base de uma economia azul próspera e sustentável.

Este é um processo “complexo”, reconhece o presidente do Governo, mas que está ancorado em “bases científicas”, tendo José Manuel Bolieiro elogiado o trabalho de todos os profissionais da área envolvidos no Blue Azores. Será necessário “fazer um trabalho de fiscalização e orientação para os prevaricadores”, disse ainda o governante, e será garantida “compensação” em eventuais cenários comprovados de “perda de rendimento”.

“Fica assegurada a sustentabilidade da pesca devido à proteção dos ecossistemas. Tudo isto está a ser acautelado”, garantiu ainda o presidente do Governo.

O Waitt Institute, cujo presidente esteve nos Açores, tem como missão criar e implementar planos de sustentabilidade para o oceano, em parceria com governos comprometidos e ‘stakeholders’ locais, liderando uma equipa de especialistas de classe mundial.

Funciona como facilitador no processo de formulação de políticas e construção de capacidades, fornecendo experiência, financiamento e ferramentas para desenvolver e implementar planos oceânicos eficazes.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Suinicultores preocupados e perplexos face ao ‘desaparecimento” da Secretaria de Estado da Agricultura

Partilhar              A direcção da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores expressa a sua “preocupação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.