Início / Agricultura / Bolieiro anuncia apoios à agricultura e à reconversão da produção de leite para carne

Bolieiro anuncia apoios à agricultura e à reconversão da produção de leite para carne

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, acompanhado do secretário Regional da Agricultura e Alimentação, António Ventura, anunciou hoje, 17 de Junho, um conjunto de apoios destinados ao sector agrícola da Região, após uma audiência com o presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita.

“Este é um percurso que temos estabelecido, de irmos trabalhando não só as oportunidades que vão surgindo como também as políticas estratégicas para o desenvolvimento da nossa agricultura e o desenvolvimento rural dos Açores, em concertação com a Federação Agrícola dos Açores”, lembrou José Manuel Bolieiro.

Entre as medidas hoje anunciadas, destaca-se a abertura de um Aviso para candidaturas ao investimento em explorações agropecuárias, no âmbito do PRORURAL+, com um montante total de oito milhões de euros, disponível a partir de 8 de Julho. Este investimento destina-se à transição verde, digital e construção de reservatórios de água, podendo as taxas de apoio atingir 75% do investimento elegível.

Foi também anunciado um período de candidaturas para a reconversão da produção de leite para carne, a iniciar também em 8 de Julho, visando a reestruturação da bovinicultura de leite nas ilhas de São Miguel, Terceira e Graciosa. “Com esta medida, os Açores poderão contribuir para reduzir o défice de 40% na produção de carne bovina em Portugal”, refere uma nota de imprensa do Executivo açoriano.

“O conjunto de apoios agora anunciado é transversal a toda a agricultura dos Açores, abrangendo sectores como a pecuária, vitivinicultura, horticultura, floricultura e muitos outros, e visa modernizar e tornar mais sustentável a nossa produção agrícola”, afirmou o presidente do Governo dos Açores.

PEPAC

Adicionalmente, serão publicadas, em Jornal Oficial, as primeiras portarias do Plano Estratégico da Política Agrícola Comum – PEPAC, com vantagens como o aumento das taxas de apoio ao investimento para 85%, diminuindo assim a taxa de esforço, e a criação do conceito de “Pequenas Explorações”, que permite investimentos até 50 mil euros com a mesma taxa de apoio.

Os jovens que se queiram instalar na actividade agrícola, sem estarem a tempo inteiro, passam a receber um prémio de instalação no valor de 15 mil euros, algo que não acontecia anteriormente, e os jovens que se queiram instalar a tempo inteiro recebem, independentemente do sector do ramo agrícola e da área da exploração, um prémio de 40 mil euros, adianta a mesma nota.

Foi ainda anunciada a liberalização do consumo de gasóleo agrícola a partir de Janeiro de 2025 e um apoio financeiro para compensar os encargos bancários de juros e imposto de selo decorrentes de empréstimos contraídos pelos agricultores em 2023, num valor total de 1,5 milhões de euros.

Jorge Rita saudou o cumprimento dos compromissos assumidos pelo Governo dos Açores, que vai além da abertura das candidaturas com a “alteração substancial que houve em relação ao passado, quer nas limitações, quer na ajuda”, tornando menor o esforço de investimento para os agricultores.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Tem porcos? Declaração obrigatória de existências tem de ser feita até 31 de Agosto de 2024

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que no mês de Agosto de 2024, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.