Início / Featured / Bloco de Esquerda quer que pesca local seja permitida ao fim-de-semana

Bloco de Esquerda quer que pesca local seja permitida ao fim-de-semana

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Bloco de Esquerda (BE) considera que deve ser permitida, de forma exclusiva, a actividade da pesca local ao fim-de-semana, de “forma a garantir a segurança dos profissionais da pesca local, mas também por motivos de justiça social e económica face às embarcações de maior dimensão e ao actual momento de pandemia”.

Neste sentido, o Bloco de Esquerda perguntou ao ministro do Mar se está disponível para alterar a Portaria n.º 88-B/2020.

Explica o deputado bloquista Ricardo Vicente que a pesca local “está fortemente condicionada por condições meteorológicas ao invés de tipos de pesca de maior escala que podem operar em condições meteorológicas adversas por existirem nas suas frotas embarcações de maior dimensão, com mais autonomia e tecnologia mais sofisticada”.

E avança que em semanas cujas condições meteorológicas são maioritariamente desfavoráveis para a operação de embarcações da pesca local, “pode dar-se a situação de apenas durante os dias de fim-de-semana estarem reunidas as condições de segurança para a pesca local poder operar”.

Suspensão da pesca

Devido à suspensão da pesca determinada pelo Governo, os profissionais da pesca local “vêem-se impossibilitados de exercer a sua actividade em dias cujas condições meteorológicas permitem operar as suas embarcações em segurança. Esta situação acontece quando se dá a evolução positiva – ainda que muito limitada – do preço do pescado capturado pela pesca local”, acrescenta Ricardo Vicente.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Museu Virtual da Memória Marítima de Viana do Castelo inaugurado no navio Gil Eannes

Partilhar            O Museu Virtual da Memória Marítima de Viana do Castelo foi inaugurado na ré do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.