Início / Agenda / Beja recebe debate sobre gestão e sustentabilidade do montado de azinho

Beja recebe debate sobre gestão e sustentabilidade do montado de azinho

A conferência “Gestão e Sustentabilidade do Montado de Azinho, Conflitos e Ameaças”, integrada no ciclo de conferências “Terra e paisagens do Sul”, realiza-se no próximo dia 24 de Novembro no Museu do Sembrano, em Beja. O encontro terá como orador o Engenheiro Agrónomo Inocêncio Seita Coelho.

Este ciclo de conferências resulta de uma parceria entre a EDIA — Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva, a Câmara Municipal de Beja e a Direcção Regional de Cultura do Alentejo.

A conferência, com início marcado para as 21h00 foca-se, fundamentalmente, na inter-relação entre a sustentabilidade do montado e a gestão do sistema conduzida pelo Homem. Serão abordados o conceito de montado, a presença do montado no mundo e a utilização do território pelo homem.

A entrada é livre e terá transmissão em diferido no canal Youtube da EDIA, aqui.

O montado é um sistema permanentemente em equilíbrio instável. Até ao presente a sustentabilidade estava muito dependente dos efeitos da conflitualidade resultante da acção do homem ao nível da gestão do solo, do sob coberto e dos povoamentos, explica uma nota de imprensa da EDIA.

No presente e no futuro “acresce à conflitualidade histórica um conjunto de ameaças relacionadas com as alterações climáticas, pluviosidade e temperatura, mas também ameaças de mercado, uma vez que o porco de montanheira está agora muito dependente da exportação, ou seja, dos mercados internacionais”, realça a mesma nota.

Nesta conferência serão abordadas algumas medidas ao dispor do homem para anular/minimizar os efeitos das ameaças e das conflitualidades assinaladas.

O orador, Inocêncio Seita Coelho, optou por centrar a análise no montado de azinho por ser aquele que é mais presente no Baixo Alentejo, mas também porque, o que se diz sobre este montado, se aplica ao de sobro, à excepção, claro está, da produção de cortiça.

Inocêncio Seita Coelho é Engenheiro Agrónomo pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa. É investigador aposentado do INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, onde apresentou a tese “Análise Económica-Contábil de um Grupo de Explorações Agro-Silvo-Pastoris do Alentejo”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

CAP promove debate sobre Planos de Gestão de Região Hidrográfica 2022-2027

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal promove no auditório da sua sede, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.