Início / Agenda / Beja tem curso de formadores em inspecção de equipamentos de aplicação de fitofarmacêuticos

Beja tem curso de formadores em inspecção de equipamentos de aplicação de fitofarmacêuticos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária vai realizar o curso de formação de “Formadores em Inspecção de Equipamentos de Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (FIEAPF)”. Com uma duração de 35 horas, o curso será ministrado na Escola Superior Agrária de Beja (ESAB), entre os dias 16 a 20 de Outubro de 2017, em conjunto com a ESAB, AAMS Ibérica e a Tomix.

As inscrições devem ser feitas até 6 de Outubro de 2017.

Esta acção de formação, cuja inscrição tem um custo de 280 euros, visa capacitar os participantes com conhecimentos, competências e atitudes para ministrar cursos de inspecção de equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos, de acordo com o Decreto-Lei nº 86/2010, de 15 de Julho, explica fonte institucional da DGAV.

Selecção de formandos

Face ao limite de 16 participantes por acção, aquela Direcção informa que serão aplicados vários critérios de selecção. Os candidatos a formandos devem comprovar deter formação superior no âmbito das Ciências Agrárias, preferencialmente da área agrícola ou florestal ou da mecanização agrícola, todos com unidades curriculares na área da protecção das culturas.

São ainda prioritários os candidatos a formandos que demonstrem, para além das habilitações literárias, que detêm o curso de “Inspecção de Equipamentos de Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (IEAPF)”, de 28 horas, promovido pela DGAV, ou o Curso de “Formadores em Distribuição, Comercialização e Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (FDCAPF)”,de 91 horas, homologado pelo Ministério da Agricultura, o Curso de “Distribuição, Comercialização e Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (DCAPF)”, de 70 horas, o Curso de “Distribuição, Comercialização e Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (DCAPF)”, de 77 horas, realizado antes da aplicação da Directiva 2009/128/CE, de 21 de Outubro, e acrescido de curso de “Actualização em Distribuição, Comercialização e Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (ADCAPF)”, de 35 horas e do curso de “Aperfeiçoamento de Máquinas e Equipamentos de Tratamento e Protecção das Plantas (AMETPP), de 35 horas, todos homologado pelo Ministério da Agricultura.

Quanto à experiência profissional, são prioritários os candidatos a formandos que demonstrem maior número de anos de experiência como inspectores de Centros de Inspecção Periódica de Pulverizadores de Produtos Fitofarmacêuticos (Centros IPP) reconhecidos pela DGAV.

Ainda, são elegíveis os candidatos a formandos que comprovem deter formação de nível 4 ou equivalente e de nível 5, ambas da área das ciências agrárias, preferencialmente da área agrícola ou florestal ou da mecanização agrícola, que demonstrem possuir unidade curricular de protecção das culturas.

As inscrições deverão ser realizadas em fichas de inscrição DGAV acompanhadas do Certificado do curso de DCAPF ou Curso APF e do Curriculum vitae para as seguintes moradas de correio electrónico: formacao.especializada@dgav.pt, com cópia para linamarques@dgav.pt e jfmoreira@dgav.pt o mais tardar até ao dia 6 de Outubro de 2017.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Docapesca prossegue requalificação dos equipamentos dos Estaleiros Navais da Azurara

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas prossegue os trabalhos de reabilitação dos equipamentos dos Estaleiros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.