Início / Agricultura / Bayer prevê crescimento do mercado de pimento congelado

Bayer prevê crescimento do mercado de pimento congelado

A Bayer reuniu, em Lisboa, produtores e vendedores de pimento espanhóis, portugueses, italianos e turcos, além de outros países, no passado dia 23 de Novembro. E avançou com as novas tendências, tais como o crescimento do pimento congelado.

Uma jornada de transferência de conhecimentos, debate e reflexão em que a Bayer deixou clara a sua oferta. O evento foi presidido pelo conceito “Nós o escutamos”, que identifica a filosofia original de trabalho que a Bayer realiza através da marca Nunhems.

“Não queremos limitar-nos a ser um fornecedor de sementes, o nosso papel vai muito além e o nosso desejo é passar a sermos os aliados do sector de processamento de pimento para desenvolver conjuntamente suas estratégias de êxito”, disse o pepper crop sales manager da Bayer Vegetable Seeds, David Murcia.

Os principais produtores “não hesitaram em aceitar a convocatória da Bayer, a empresa que actualmente ostenta uma clara liderança europeia no sector de pimento para indústria através das variedades oferecidas pela marca Nunhems. Pompeo F1, Rialto F1, Ricardo F1, Claudio F1, Tarquinio F1, Torpedo F1, United F1 e Semerkand F1 são as variedades favoritas nas diferentes zonas de produção”, refere uma nota de imprensa da Bayer.

Digital Farming

Melhorar a tomada de decisões no campo por meio da digitalização da agricultura (Digital Farming) é outro aspecto decisivo para o futuro do pimento para processamento. Durante o evento, expressou-se que o constante aparecimento de novas aplicações revolucionará “desde a palma da mão” a forma de cultivar e ajudará produtores e processadores a optimizar seus cultivos mediante o processamento adequado da informação “através de novas ferramentas digitais com possibilidades ilimitadas”, explicou Pablo García-Nieto, da Bayer.

Melhorar a apanha mecanizada é um dos principais desafios de futuro para o sector mundial do pimento destinado ao processamento. Esse sector encontra na inovação tecnológica e na incorporação progressiva de máquinas de apanha cada vez mais avançadas dois aliados importantes para aumentar a eficiência, sustentabilidade e rentabilidade.

É por esse motivo que a Bayer compartilhou com as principais empresas de processamento de pimento da Europa algumas das inovações tecnológicas mais destacadas de Elvin Stoltzfus, fundador e presidente da Pik Rite, a empresa norte-americana especializada em tecnologias de apanha mecanizada.

Tendências de mercado: pimento congelado

Analisar as tendências de mercado e o desenvolvimento de novos formatos e apresentações dirigidos a satisfazer as procuras de novos perfis de consumidores foi outro dos assuntos desenvolvidos no encontro de Lisboa.

As mudanças no consumo e a influência que os novos desenvolvimentos terão na indústria foram objecto de uma mesa redonda em que se expressou o constante aumento do mercado de produtos congelados, onde o pimento é um importante componente.

Nesse sentido, o moderador do encontro, David Murcia, coincidiu com os assistentes em reconhecer que é muito provável que o pimento congelado veja o seu posicionamento comercial favorecido durante os próximos anos, porque oferece valor nutricional e sabor a um preço muito atractivo para grandes segmentos da população.

“Devemos levar muito em conta os sinais que chegam a nós através dos mercados, porque o consumidor está em constante evolução e isso obriga a que o resto da cadeia alimentar também esteja em um constante processo de mudança”, disse David Murcia, que destacou a importância de que “façamos o que façamos, isso deve estar em permanente conexão com o consumidor”.

Segurança alimentar

Quanto à segurança alimentar exigida por consumidores e cadeias de distribuição, o representante da Bayer Vegetable Seeds em Portugal, Artur Dias Santos (na foto), apresentou as estratégias mais adequadas para minimizar e optimizar a presença de resíduos nos culturas de pimento para indústria.

A secção dedicada às tendências de mercado concluiu com uma conferência de Elena Ozeritskaya, consultora de Fresh Insight. A jornada foi encerrada com uma palestra de motivação e liderança realizada pelo consultor José Juan Aguado, em representação da Atman Teambuilding.

A Bayer é uma empresa multinacional com competências no âmbito das ciências da vida relacionadas com a saúde e a agricultura. Com os seus produtos e serviços, a empresa pretende ser útil à humanidade e contribuir para melhorar a qualidade de vida. Ao mesmo tempo, o Grupo aspira a criar valor através da inovação, o crescimento e uma rentabilidade elevada.

Durante o ano de 2016, o Grupo, com aproximadamente 115.200 trabalhadores, obteve um volume de negócios de 46,8 mil milhões de euros, realizou investimentos no valor de 2,6 mil milhões e destinou 4,7 mil milhões de euros à investigação e desenvolvimento.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Balanças Marques faz balanço positivo de presença em feira no Egipto

Partilhar              A Balanças Marques foi uma das 5 empresas portuguesas a participar, conjuntamente com a Associação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.